Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33882
Title in Portuguese: Usos da terra e vulnerabilidade ambiental no estuário-lagunar do Guriú, costa oeste do Ceará
Author: Oliveira, Marcely Honório de
Advisor(s): Pinheiro, Lidriana de Souza
Co-advisor(s): Medeiros, David Hélio Miranda de
Keywords: Estuários
Barreiras arenosas
Issue Date: 2018
Publisher: Instituto de Ciências do Mar
Citation: OLIVEIRA, M. H. de. (2018)
Abstract in Portuguese: A Zona Costeira possui ecossistemas de grande importância, entre eles se destacam os estuários, considerados berçários, por possuírem uma enorme biodiversidade e uma elevada produtividade primária, com isso há uma ocupação dessas áreas, trazendo impactos significativos, na área de estudo destaca-se a ocorrência da barreira arenosa associada ao estuário, sendo uma feição morfológica paralela a costa resultante dos processos deposicionais e dinâmicos associados ao ambiente marinho e estuarino. Este estudo teve por objetivo, caracterizar as formas de usos da terra para identificar as vulnerabilidades e potencialidades, bem como mapear a evolução da barreira arenosa do estuário do Rio Guriú, localizado entre os municípios de Jijoca de Jericoacoara e Camocim, na costa oeste do Ceará. Através da caracterização das variáveis ambientais, geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação, clima e hidrografia foi feita uma análise geoambiental, e a partir de imagens de satélite foram aferidos os usos da terra e evolução morfológica da barreira arenosa associada ao sistema-estuarino lagunar ao longo dos anos. Sendo identificados os usos da terra: apicum/ salgado, aquicultura, área edificada/em edificação, área degradada/solo exposto, barreira arenosa, campo de dunas, vegetação antropizada/reflorestamento, vegetação natural arbórea/ arbustiva e vegetação natural de manguezal. A barreira arenosa apresentou uma variação de 80 metros no seu comprimento ao longo dos anos 2006 e 2017 e uma largura média em seus pontos de: ponto 1, 63,10m; ponto 2, 85,59m; ponto 3, 128,92m; ponto 4, 202,09m; ponto 5, 135,55m; ponto 6, 107,81m; ponto 7, 83,16m; ponto 8, 105,37m; ponto 9, 140, 37m; ponto 10, 201, 79m; ponto 11 220,47; e ponto 12, 4,13m. Foram identificados três sistemas e seis subsistemas ambientais, dos quais possuem vulnerabilidade muito alta, o campo de dunas móveis, a faixa de praia, a planície fluviomarinha, e as planícies lacustres, vulnerabilidade média a alta, nas áreas de tabuleiro pré-litorâneo antropizadas ou degradadas e por fim, apresentou vulnerabilidade baixa a muito baixa também o tabuleiro pré-litorâneo associado a vegetação natural. A utilização da análise geossistêmica juntamente com o uso da terra, serviu de base para a gestão ambiental da área, objetivando seu uso sustentável e a melhoria da qualidade de vida local.
Abstract: The coastal zone has important ecosystems, among them the estuaries, considered nurseries, because they have an enormous biodiversity and a high primary productivity, with that there is an occupation of these areas, bringing significant impacts, in the area of study stands out the occurrence of the sandy barrier associated to the estuary, being a morphological feature parallel to the coast resulting from the depositional and dynamic processes associated with the marine and estuarine environment. The purpose of this study was to characterize land use patterns to identify vulnerabilities and potentialities, as well as to map the evolution of the sandy barrier of the Guriú River estuary located between the municipalities of Jijoca de Jericoacoara and Camocim, on the west coast of Ceará. Through the characterization of environmental variables, geology, geomorphology, pedology, vegetation, climate and hydrography, a geoenvironmental analysis was carried out, and from satellite images the land uses and morphological evolution of the sandy barrier associated to the estuarine lagoon system at the over the years. Land uses are identified: apicum / salted, aquaculture, building / edification area, degraded area / exposed soil, sandy barrier, dune field, anthropogenic vegetation / reforestation, natural arboreal / shrub vegetation and natural mangrove vegetation. The sandy barrier presented a variation of 80 meters in its length during the years 2006 and 2017 and an average width in its points of: point 1, 63,10m; point 2, 85.59m; point 3, 128.92m; item 4, 202.09m; point 5, 135.55m; item 6, 107.81m; item 7, 83.16m; item 8, 105.37m; item 9, 140, 37m; item 10, 201, 79m; Item 11 220.47; and point 12, 4.13m. Three systems and six environmental subsystems were identified, with very high vulnerability, the mobile dune field, the beach strip, the fluvial plain, and the lacustrine plains, medium to high vulnerability, in the pre-coastal areas of the anthropic or degraded and, finally, presented low vulnerability to very low also the pre-littoral tray associated with natural vegetation. The use of geosystemic analysis together with land use has served as the basis for the environmental management of the area, aiming at its sustainable use and improving local quality of life
Description: OLIVEIRA, M. H. de. Usos da terra e vulnerabilidade ambiental no estuário-lagunar do Guriú, costa oeste do Ceará. 2018. 76 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33882
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_mhdeoliveira.pdf4,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.