Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3361
Title in Portuguese: A sexualidade de adolescentes masculinos com experiência de rua e em situação de abrigo
Title: The sexuality in male adolescents with experience of street at a shelter
Author: Bonfim, Lihana Maria Catunda
Advisor(s): Costa, Sylvio de Sousa Gadelha
Keywords: Sexualidade
Adolescentes Masculinos
Subjetivação
Experiência de Rua
Abrigo
Sexuality
Male Adolescents
Subjectivity
Experience of the Street
Shelter
Adolescentes(Meninos) – Comportamento sexual – Fortaleza(CE)
Adolescentes pobres – Comportamento sexual – Fortaleza(CE)
Adolescentes(Meninos) – Fortaleza(CE) – Conduta
Adolescentes pobres – Fortaleza(CE) – Conduta
Menores de rua – Fortaleza(CE) – Condições Sociais
Subjetividade
Issue Date: 2009
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: BONFIM, Lihana Maria Catunda. A sexualidade de adolescentes masculinos com experiência de rua e em situação de abrigo. 2009. 169f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2009.
Abstract in Portuguese: A tese investiga a produção de sentidos da sexualidade de adolescentes masculinos com experiência de rua em situação de abrigo. A partir da produção de crianças e adolescentes pobres no Brasil em que historicamente a relação em governá-las passa inicialmente pelo poder pastoral chegando ao biopoder na contemporaneide. Fundamenta-se na perspectiva foucaultiana em que as relações de poder–saber são construídas fundamentalmente através das produções históricas e políticas do homem. Neste sentido, a sexualidade é considerada como um dispositivo histórico de poder na sociedade ocidental. Desta forma, dada à sua plasticidade, a sexualidade é utilizada como estratégia de ação da biopolítica com o objetivo disciplinar de controle social da população. A partir dos diversos discursos, práticas e saberes normalizadores existentes nas ciências humanas o foco destes discursos não se encontra na proibição mas na maneira como a sexualidade deve ser regulada, controlada e normatizada. Investigamos os processos de subjetivação dos adolescentes a partir da sua forma de ser, pensar, sentir e das suas vivências, passando pela experiência de rua e situação de permanência no abrigo. Na construção da pesquisa utilizamos técnicas, recursos e instrumentos que nos possibilitaram coletar os dados tais como, a observação, diário de campo, roteiro de vista, entrevista semi-estruturada e também a produção de colagem e desenho a partir da interpretação dos adolescentes. O exercício da sexualidade foi demarcado a partir da iniciação sexual deles. Constatamos através dos discursos deste grupo que há um feixe de aprendizagens que atravessam os saberes e as práticas sexuais relativos à sexualidade destes adolescentes, destacamos fundamentalmente a prática discursiva do abrigo através do modelo anátomo-biológico em que produz valor de verdade, apontando comportamentos, atitudes, na relação poder-saber da sexualidade associando-a à prevenção de doenças (DST’S e AIDS) e risco de gravidez. No entanto, os adolescentes apresentam os sentidos produzidos acerca da sexualidade para a ordem do prazer, da satisfação imediata, do tesão, de sensações agradáveis e boas. Dessa forma, escapam do discurso institucional através do afeto, da emoção que constituem os processos de formação de sua subjetividade.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3361
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_Tese_LMCBonfim.pdf589,4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.