Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33039
Title in Portuguese: A intertextualidade nas seções de leitura de livros didáticos
Author: Morais, Adriana Negreiros de Almeida
Advisor(s): Sousa, Maria Margarete Fernandes de
Keywords: Intertextualidade
Livros didáticos
Leitura
Língua Portuguesa
Issue Date: 2018
Citation: Morais, A. N. A.; Sousa, M. M. F. (2018)
Abstract in Portuguese: A leitura, sob uma concepção sociocognitivo-interacional da língua, exige dos leitores recorrências a conhecimentos previamente adquiridos para ser, de fato, processada. Dada a importância desse processo, os livros didáticos representam um suporte de grande relevância no que diz respeito ao status da intertextualidade, que se constitui em um mecanismo importante para a construção dos sentidos dos textos. Esta pesquisa tem como objetivo analisar a intertextualidade presente nas atividades das seções de leitura dos livros didáticos de Língua Portuguesa do Ensino Médio, considerando a forma de abordagem que se faz presente nesses livros. Para isso, seguimos a perspectiva teórica da Linguística Textual, que discute os pressupostos da intertextualidade, fator relevante para a compreensão e produção dos mais diversos gêneros discursivos. Nesse âmbito, os dados gerais que compõem esta pesquisa foram analisados à luz das concepções teóricas de Piègay-Gros (1996), Bazerman (2006), Koch; Bentes e Cavalcante (2008), Koch e Elias (2014), Cavalcante (2011), Kleiman (1999) acerca do conceito e das tipificações de intertextualidade. Também nos guiamos pelas orientações dos PCN (1998), para a análise do corpus, que se compõe de três coleções de livros didáticos de Língua Portuguesa, selecionadas no manual do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Cada coleção é composta por três livros, um para cada série que compõe o Ensino Médio. Nesses livros destacamos e analisamos 30 atividades de análise linguística que tratam da intertextualidade nas seções de leitura. Para a análise das atividades, utilizamos as categorias de análise apresentadas por Piègay-Gros (2010), alusão, referência e citação, cujas tipificações abordam a forma com que a intertextualidade pode se manifestar, por copresença, marcas semelhantes às da abordagem apontadas por Genette (2010), com a qual nos identificamos. Constatamos, por meio da análise, que há manuais didáticos que abordam o fenômeno sob uma perspectiva predominantemente ligada ao ensino da leitura e não da gramática, como julgava, ou seja, as atividades de interpretação de texto, retiradas das seções de leitura, são compostas por questões cujo objetivo é problematizar o texto lido, auxiliando os alunos a retomarem-no e atentarem para aspectos primordiais à sua compreensão. Dessa forma, o trabalho com a intertextualidade a partir das atividades retiradas dos livros didáticos comprova a necessidade de os alunos trabalharem com a leitura de forma integrada às diversas fontes de conhecimento, indo além dos limites impostos pelo texto.
Abstract: Reading, under a socio-cognitive-interactional conception of language, requires readers to have recourse to previously acquired knowledge to be, in fact, processed. Given the importance of this process, the textbooks represent a very important support regarding the status of intertextuality, which constitutes an important mechanism for the construction of the meanings of texts. This research aims to analyze the intertextuality present in the activities of the reading sections of the Portuguese Language High School textbooks, considering the approach that is present in these books. For this, we follow the theoretical perspective of Textual Linguistics, which discusses the presuppositions of intertextuality, a relevant factor for the comprehension and production of the most diverse discursive genres. In this context, the general data that compose this research were analyzed in the light of the theoretical conceptions of Piègay-Gros (1996), Bazerman (2006), Koch; Bentes and Cavalcante (2008), Koch and Elias (2014), Cavalcante (2011), Kleiman (1999) on the concept and typifications of intertextuality. We are also guided by the guidelines of the PCN (1998), for the analysis of the corpus, which is composed of three collections of Portuguese language textbooks, selected in the Manual of the National Textbook Program (MNTP). Each collection is composed of three books, one for each series that composes high school. In these books we highlight and analyze 30 activities of linguistic analysis that deal with intertextuality in the reading sections. For the analysis of activities, we use the categories of analysis presented by Piègay-Gros (2010), allusion, reference and citation, whose typologies address the way in which the intertextuality can manifest, by co-presence, similar marks to the approach pointed out by Genette (2010), with whom we identify. We find, through the analysis, that there are didactic manuals that approach the phenomenon, from a perspective that is predominantly linked to the teaching of reading and not grammar, as I thought, that is, text interpretation activities taken from the reading sections are composed of questions whose objective is to problematize the text read, helping the students to take it back and look for aspects that are primordial to their comprehension. Thus, the work with intertextuality from the activities taken from textbooks proves the need for students to work with reading in an integrated way to the different sources of knowledge, going beyond the limits imposed by the text.
Description: MORAIS, Adriana Negreiros de Almeida. A intertextualidade nas seções de leitura de livros didáticos. 2018. 174f - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33039
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_anamorais.pdf12,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.