Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32772
Title in Portuguese: Retorno ao esporte no nível pré-lesão após reconstrução do ligamento cruzado anterior: fatores preditores
Title: Return to sports at preinjury level after anterior cruciate ligament reconstruction: predictor factors
Author: Albano, Thamyla Rocha
Lima, Pedro Olavo de Paula
Almeida, Gabriel Peixoto Leão
Advisor(s): Almeida, Gabriel Peixoto Leão
Keywords: Ligamento Cruzado Anterior
Volta ao Esporte
Força Muscular
Equilíbrio Postural
Issue Date: 14-Dec-2017
Citation: ALBANO, T. R. ; LIMA, P. O. P. ; ALMEIDA, G. P. L. Retorno ao esporte no nível pré-lesão após reconstrução do ligamento cruzado anterior: fatores preditores. 2017. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) está entre as condições de joelho mais prevalentes, ocasionando diversos déficits funcionais. A reconstrução do LCA (R-LCA) é um procedimento comum para o retorno à prática esportiva. Objetivos: Verificar os fatores preditores de retorno ao esporte no mesmo nível pré-lesão e suas interações em indivíduos que realizaram R-LCA. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal composto por 136 participantes, com no mínimo 6 meses após de R-LCA. Todos os participantes responderam os questionários International Knee Documentation Committee (IKDC) e Anterior Cruciate Ligament - Return to Sport After Injury (ACL-RSI) e realizaram avaliação de estabilidade postural no Biodex Balance System e de força dos músculos quadríceps e isquiotibiais por meio do Dinamômetro Isocinético. A Árvore de Classificação e Regressão (CART) foi utilizada para estabelecer uma relação entre os vetores de variáveis preditoras e a variável resposta e a Odds Ratio para verificar a probabilidade de não retorno no nível pré-lesão. Resultados: A variável preditora mais forte foi o ACL-RSI, com nota de corte de 72,85%. Como fatores secundários, obtivemos o índice de estabilidade global do membro lesionado, índice de simetria entre membros para extensão e IKDC, com notas de corte de 3,2º, 16,6% e 82,75% respectivamente. O modelo é capaz de verificar em 60% das vezes quem não consegue retornar, com especificidade de 97,4%. Conclusão: O componente psicológico, observado pelo ACL-RSI, é o fator preditor mais importante para o retorno ao esporte no nível pré-lesão. Secundariamente, podemos considerar estabilidade global do membro lesionado, força simétrica para extensão e função, relatada pelo IKDC.
Abstract: The anterior cruciate ligament (ACL) lesion is among the most prevalent knee conditions, causing several functional deficits. ACL reconstruction (ACLR) is a common procedure for returning to sports practice. Objectives: To verify the predictive factors of return to the sport at the same pre-injury level and their interactions in individuals who performed ACLR. Methodology: Cross-sectional study of 136 participants, with at least 6 months after ACLR. All participants answered the International Knee Documentation Committee (IKDC) and Anterior Cruciate Ligament - Return to Sport After Injury (ACL-RSI) questionnaires and performed a postural stability evaluation on the Biodex Balance System and strength of the quadriceps and hamstring muscles using the Isokinetic Dynamometer. The Classification and Regression Tree (CART) was used to establish a relation between the vectors of predictor variables and the response variable and the Odds Ratio to verify the probability of no return at preinjury level. Results: The strongest predictor variable was the ACL-RSI, with a cut grade of 72.85%. As secondary factors we obtained the overall stability index of the injured limb, limb symmetry index for extension and IKDC, with cut scores of 3.2º, 16.6% and 82.75% respectively. The model is able to verify in 60% of the times who cannot return, with a specificity of 97.4%. Conclusions: The psychological component, observed by ACL-RSI, is the most important predictor of return to sports at the preinjury level. Secondarily, we can consider overall stability of the injured limb, symmetric force for extension and function, reported by the IKDC.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32772
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_tralbano.pdf325,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.