Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32691
Title in Portuguese: Reprodução social, trabalho e educação: um estudo à luz da ontologia do ser social de Lukács
Author: Bonfim, Antonio Carlos Ferreira
Advisor(s): Tesser, Ozir
Keywords: Reprodução
Ser social
Trabalho
Educação
Issue Date: 2003
Citation: Bonfim, A. C. F.; Tesser, O. (2003)
Abstract in Portuguese: Este estudo demonstra os problemas gerais que configuram a reprodução social. Delineando as especificidades das mediações do trabalho e da educação. A base referencial de análise é a Ontologia do ser social de Lukács, sobretudo o capítulo A Reprodução. Diferente de outros autores, como por exemplo Marx, Rosa Luxemburg, Bourdieu e Passeron, a categoria da "reprodução" em Lukács ganha uma abordagem ampla e complexa, como momento essencial para a explicitação da continuidade do ser da vida social humana, por meio de suas várias etapas no decorrer da história. Ser que só se reproduz por ter por substrato material um ser orgânico e um ser inorgânico. E destes seres ele jamais pode se tornar independente. Porém, o ser social, por intermédio da reprodução, cada vez mais vai afastando de si as barreiras naturais, seus vínculos imediatos com o mundo natural, quando suas categorias de configuração predominantemente natural vão pari passu ganhando predominância puramente social; como exemplo é visto os casos da alimentação, da sexualidade e da divisão do trabalho. Por outro lado, diverso da reprodução do ser orgânico, a reprodução social se efetiva mediante dois pólos distintos mas dialeticamente imbricados: reproduções do indivíduo e da sociedade. Reproduções socialmente mediadas por inúmeros complexos, como o trabalho, a linguagem, a educação, a divisão do trabalho, a cooperação, a ideologia, a regulação das relações e atividades sociais etc. O presente estudo analisa, diante de todo esse quadro categorial mais geral, as mediações específicas do trabalho e da educação.
Abstract: This study demonstrates the problems that configure social reproduction, outlining the especificities of labor and education mediantions. Its refential basis is Lukács' Ontology of Social Being, mainly the chapter The Reproduction. Distinct from other authors, such as Marx, Rosa Luxemburg, Bordieu and Passeron, the category of "reproduction" in Lukács acquires a broader and more complex approach, as an essential moment to make explicit the continuity of the being of the human social life, by the agency of its several stages throughout history. Being, that only reproduces itself for having, as its material substratum, an organic being and an inorganic being. And, from those beings it can never become independent. Nevertheless, as reproduction develops, the social being keeps away from itself the natural barriers, its immediate links with the natural world, when its configurational categories, predominantly natural, conquest a purely social predominance; an example may be found in the cases of alimentation, sexuality and labor divisin. On the other hand, distinct from the reproduction of the organic being, social reproduction realizes itself by the way of two different poles, but dialectically imbricated: reproduction of individual and reproduction of society. Reproductions socially mediated by countless complexes, such as, labor, language, education, labor divisin, cooperation, ideology, regulation of relationships and social activities etc. This study analyzes, facing this overall and more general categorical framework, the specific mediations of labor and education.
Description: BONFIM, Antonio Carlos Ferreira. Reprodução social, trabalho e educação: um estudo à luz da ontologia do ser social de Lukács. 2003. 125f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Mestrado em Educação, Fortaleza (CE), 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32691
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_dis_acfbonfim.pdf75,45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.