Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32495
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAraújo, Jair Andrade de-
dc.contributor.authorNorões, Alana Kedylla Monteiro-
dc.contributor.authorMonteiro, Jonathas Viana-
dc.contributor.authorAraújo, Rogério César Pereira de-
dc.contributor.authorSilva, Felipe Pinto da-
dc.date.accessioned2018-06-01T17:37:14Z-
dc.date.available2018-06-01T17:37:14Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationARAÚJO, Jair Andrade; NORÕES, Alana Kedylla Monteiro; MONTEIRO, Jonathas Viana; ARAÚJO, Rogério César Pereira de; SILVA, Felipe Pinto da. Eficiência produtiva das fazendas de carcinicultura no estado do Ceará. Revista de Economia e Sociologia Rural, Piracicaba, v. 56, n. 1, p. 35-50. 2018.pt_BR
dc.identifier.issn0103-2003-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32495-
dc.description.abstractThe productive efficiency of shrimp farming has been pointed out in the literature as an important factor for the consolidation of this activity in Northeast Brazil. In order to assist decision making on the farm and the formulation of policies for the sector, this research investigated the degree and determinants of technical efficiency in shrimp production in Ceará State. Based on data from the Carcinculture Census, collected by the Brazilian Association of Shrimp Breeders (ABCC, 2011), 100 farms were characterized by a set of explanatory variables that describe the inputs used in the production and the way of managing the farms. To analyze data, we estimated frontier models of stochastic production efficiency. The results showed that almost all farms (99%) can be considered technically inefficient. The factor that determined the inefficiency of the sample farms was the average storage density, since other variables tested as inefficiency (which were: power of aerators per area, receipt of technical assistance and use of feed trays) were not significant at a significance level of 5%. As a result, these variables do not generate inefficiency in the model.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista de Economia e Sociologia Ruralpt_BR
dc.subjectCamarãopt_BR
dc.subjectEficiência técnicapt_BR
dc.subjectFronteira estocásticapt_BR
dc.titleEficiência produtiva das fazendas de carcinicultura no estado do Cearápt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrA eficiência produtiva da carcinicultura tem sido apontada na literatura como um fator importante para a consolidação desta atividade no Nordeste do Brasil. Para auxiliar a tomada de decisão na fazenda e a formulação de políticas para o setor, esta pesquisa investigou o grau e os fatores determinantes da eficiência técnica na produção de camarão no estado do Ceará. Com base nos dados do Censo da Carcinicultura, de 2011, coletados pela Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC), 100 fazendas foram caracterizadas por um conjunto de variáveis explicativas que descrevem os insumos empregados na produção e a forma de gerenciamento das fazendas. Para analisar os dados, foram estimados modelos de fronteira de eficiência de produção estocástica. Os resultados mostraram que quase a totalidade das fazendas (99%) pode ser considerada ineficiente do ponto de vista técnico. O fator que determinou a ineficiência das fazendas da amostra foi a densidade média de estocagem, pois as outras variáveis testadas como causadoras de ineficiência (que foram: potência de aeradores por área, recebimento de assistência técnica e uso de bandejas de alimentação) não foram significantes a um nível de significância de 5%. Com isso, conclui-se que estas variáveis não geram ineficiência no modelo.pt_BR
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_jaaraújo.pdf246,61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.