Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32400
Title in Portuguese: Manejo da supressão e das frequências de irrigação e da fertirrigação nitrogenada na cultura do girassol
Title: Management of the irrigation suppression and frequency and nitrogen fertilization in sunflower crop yield.
Author: Seabra Filho, Marconi
Advisor(s): Azevedo, Benito Moreira de
Co-advisor(s): Pinheiro Neto, Luis Gonzaga
Keywords: Helianthus annuus
Turno de rega
Lâmina de irrigação
Adubação nitrogenada
Issue Date: 2017
Citation: SEABRA FILHO, Marconi. Manejo da supressão e das frequências de irrigação e da fertirrigação nitrogenada na cultura do girassol. 2017. 110 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: A cultura do girassol é uma importante alternativa para a agricultura irrigada da região Nordeste. É explorada de maneira rústica, além de provocar pouco desgaste ao solo quando comparado a outras culturas. No presente trabalho, objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes frequências e períodos de supressão da irrigação e do parcelamento da fertirrigação com nitrogênio. Foram conduzidos três experimentos na área experimental da Estação Meteorológica da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará. O sistema de irrigação utilizado na condução dos experimentos foi do tipo gotejamento superficial. O delineamento utilizado no Experimento I (supressão da irrigação) foi o de blocos ao acaso, com seis tratamentos e quatro repetições. Para os Experimentos II e III (frequências da irrigação e da fertirrigação com nitrogênio, nesta ordem), o delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco tratamentos e cinco repetições. No Experimento I, os tratamentos aplicados foram: aos 45 dias após a semeadura (DAS); 52 (DAS); 59 (DAS); 66 (DAS); 73 (DAS) e 80 (DAS). No Experimento II, os tratamentos aplicados foram: F2 (uma irrigação de 2 em 2 dias); F4 (uma irrigação de 4 em 4 dias); F6 (uma irrigação de 6 em 6 dias); F8 (uma irrigação de 8 em 8 dias) e F10 (uma irrigação de 10 em 10 dias). No Experimento III, os tratamentos aplicados foram: FN2 (2 aplicações de N no ciclo); FN4 (4 aplicações de N no ciclo); FN8 (8 aplicações de N no ciclo); FN16 (16 aplicações de N no ciclo) e FN32 (32 aplicações de N no ciclo), respectivamente. Foram analisadas as seguintes variáveis respostas: massa de mil sementes (M1000S), produtividade (PROD), massa seca do capítulo (MS CAP), massa seca do caule (MS Caule), massa seca da folha (MS Folha), teor de óleo das sementes (TOS), potencial de produção de óleo (PPO), eficiência do uso da água na produção de semente (EUAs), eficiência do uso da água na produção de óleo (EUAo) e área foliar (AR Foliar). No Experimento I, as diferentes épocas de supressões da irrigação influenciaram estatisticamente a M1000S, a PROD, o TOS e a PPO do híbrido de girassol BRS 323. Foi observado o padrão de variação linear nas variáveis M1000S, PROD e TOS, e o padrão de variação quadrático na variável PPO. A máxima produtividade foi estimada em 2.370,30 kg ha-1, com a lâmina de irrigação acumulada no período de 528,87 mm. No Experimento II, o tratamento F2 foi o que proporcionou melhor produtividade para as condições avaliadas, estimada em 2.051,28 kg ha-1. No Experimento III, a frequência de aplicação de N que maximizou a produtividade foi de 32 aplicações no ciclo, estimada em 2.261,99 kg ha-1.
Abstract: Sunflower cultivation is an important alternative for irrigated agriculture in the Northeast Brazil region. It is explored in a rustic way and also causes little soil waste when compared to other cultures. The present work had as main objective to evaluate the effects of different frequencies, interval of irrigation suppression and nitrogen fertigation in sunflower harvest. The experiments were conducted in the meteorological station of the Federal University of Ceará in Fortaleza, Ceará, Brazil. The irrigation system used in the experiments was drip irrigation. The design used in Experiment I (irrigation suppression) consisted of a completely randomized block design, with six treatments and four replications. For Experiments II and III (irrigation frequency of fertigation with nitrogen, in this order), the design used consisted of a completely randomized block design, with five treatments and five replications. The treatments adopted were: 45 days after sowing (DAS); 52 DAS; 59 DAS; 66 DAS; 73 DAS and 80 DAS. For Experiment II, the applied treatments were: F2 (irrigation every 2 days); F4 (irrigation every 4 days); F6 (irrigation every 6 days); F8 (irrigation every 8 days); F10 (irrigation every 10 days). For Experiment III, the treatments were: FN2 (2 irrigations in cycle); FN4 (4 irrigations in cycle); FN8 (8 irrigations in cycle); FN16 (16 irrigations in cycle) and FN32 (32 irrigations in cycle), respectively. The following variables were analyzed: mass of a thousand seeds (M1000S), productivity (PROD), capitulum (inflorescence flower) dry mass (PS CAP), stem dry mass (PS Caule), leaf dry mass (PS Folha), seed oil content (TOS), potential of seed oil production (PPO), water use efficiency in seed production (EUAs), water use efficiency in oil production (EUAo) and leaf area (AR Foliar). In Experiment I, irrigation suppression affected M1000S, PROD, TOS and PPO for hybrid BRS 323 with linear polynomial mathematical adjustment for M1000S, PROD and TOS and quadratic adjustment for PPO with maximum yield of 2,370.30 kg ha-1 and irrigation depth of 528.87 mm in total period. In Experiment II, the F2 treatment resulted in better production for the studied conditions and 2,051.28 kg ha-1. In Experiment III, N application for maximum productivity was 19.27 irrigations per cycle with 2,261.99 kg ha-1 crop yield.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32400
Appears in Collections:PPGENA - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tese_mseabrafilho.pdf3,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.