Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31934
Title in Portuguese: Dinâmicas do Ensino Superior no Brasil: arranjos e performances de uma Faculdade Amapaense empenhada em obter avaliação positiva nos Ciclos do SINAES
Author: Santos, Margareth Guerra dos
Advisor(s): Aquino, Jânia Perla Diógenes de
Keywords: Avaliação da Educação Superior
SINAES
Avaliação de Instituições e de cursos de graduação
Issue Date: 2018
Citation: SANTOS; Margareth Guerra dos. Dinâmicas do Ensino Superior no Brasil: arranjos e performances de uma Faculdade Amapaense empenhada em obter avaliação positiva nos Ciclos do SINAES. 2018. 202f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: Este estudo busca elucidar e analisar a dimensão performática, envolvendo dramatização do comportamento e produção de cenários, nas situações de encontro presencial entre avaliados e avaliadores por ocasião das visitas às instituições de ensino superior, que são parte do processo de avaliação do SINAES, argumentando que tal avaliação é vivenciada pelos agentes da IES localizada no estado do Amapá, onde desenvolvi a pesquisa, como uma ocasião extracotidiana, em que se mobiliza uma série de comportamentos ―performatizados‖ com o objetivo de causar impressão positiva nos avaliadores. O estudo traz como hipótese a questão estruturante: os indicadores de qualidade pensados no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES, no Brasil, estão centrados em modelos externos ao nosso país, à região Norte, aos contextos locais, em um processo atrelado a símbolos de uma qualidade presente em nações e culturas supostamente mais ―desenvolvidas‖? Instigo-me a pensar sobre o quanto tal procedimento é afetado por resquícios de uma visão colonizada da educação, permeada por uma lógica passível de manifestar-se de modo etnocêntrico. As estratégias de atuações performáticas relatadas ao longo do texto, captadas durante a pesquisa ―in loco‖, são expressões de um contexto mais amplo, da necessidade de resultados ―positivos‖. Como chave analítica adoto a teoria de Erving Goffmam que elucida as performances mobilizadas na vida cotidiana e as habilidades dramatúrgicas, dos agentes sociais mobilizados para produzir impressões positivas de si mesmos, ao abordar o SINAES e os processos de avaliação da qualidade da educação superior, percebendo-os como um campo de interações, mediações, assimilações, contradições, arranjos, recusas e resistências possíveis. Pretendi uma abordagem com um diálogo com Antropologia, com inspiração etnográfica, em uma encruzilhada de aportes teóricos entre a Educação, Sociologia e a Antropologia das representações, trazendo como categorias analíticas dentro da teoria das representações: Performance, Fachadas e Cenários. Destaco o caminho percorrido pelas políticas públicas voltadas para o asseguramento da qualidade da educação superior, através da criação de sistemas de avaliação, tendo como marco referencial, na America Latina, o período pós-60, com a assinatura da Carta de Punta del Este; as reformas da educação superior nas fronteiras da globalização, da internacionalização da educação superior e sua transnacionalização, chegando ao caso do sistema brasileiro – o SINAES. A construção do objeto de estudo desta tese atenta para o SINAES, especificamente para os procedimentos inerentes à Avaliação Institucional e à Avaliação de Cursos de Graduação, tendo como loco privilegiado o que denomino ―circuitos de avaliação. Ou seja, visita in loco por parte dos avaliadores externos, incluindo momentos de planejamento, execução e avaliação das ações, delimitados pelos olhares dos atores sociais inseridos em uma Instituição de ensino superior. Apresento, ao final, o que nomeio, aqui, de ―achados‖ da pesquisa, destacando minhas percepções. Mesmo com todos os apontamentos levantados pelos interlocutores no sentido de construir uma justificativa para a performatividade dos circuitos de avaliação, é preciso ter como meta desmistificar a avaliação com viés regulatório, visando revelar a avaliação e o seu caráter formativo e democrático.
Abstract: This study aims to elucidate and analyze the performance dimension, involving dramatization of the behavior and production of scenarios, in the situations of face - to - face meetings between evaluated and evaluators during visits to higher education institutions, which are part of the SINAES evaluation process, arguing that such evaluation is experienced by IES agents located in the state of Amapá where I developed the research, as an extra daily occasion, in which a series of "performatized" behaviors are mobilized in order to cause a positive impression on the evaluators. The hypothesis of this study is the structuring question: the quality indicators designed in the National System of Higher Education Evaluation - SINAES, in Brazil, are centered on models external to our country, the North region, local contexts, in a related process to symbols of a quality present in supposedly more "developed" nations and cultures? I am tempted to think about how this procedure is affected by remnants of a colonized view of education, permeated by a logic that can manifest itself ethnocentrically. The strategies of performative actuations reported throughout the text, captured during the "in loco" research, are expressions of a broader context, of the need for "positive" results. As an analytical key, I adopt the Erving Goffmam theory, which elucidates the mobilized performances in everyday life and the dramaturgical abilities of the social agents mobilized to produce positive impressions of themselves, in approaching the SINAES and processes of evaluation of higher education quality, perceiving them as a field of possible interactions, mediations, assimilations, contradictions, arrangements, refusals, and resistances. I have pursued an ethnographic-inspired approach to Anthropology, at a crossroads of theoretical contributions between Education, Sociology, and Anthropology of representations, bringing as analytical categories within the representation theory: Performance, Facades and Scenarios. I would like to emphasize the path taken by public policies aimed at ensuring the quality of higher education through the creation of evaluation systems, with a reference framework in Latin America, the post-60 period, with the signing of the Letter of Punta del Este; the reforms of higher education in the frontiers of globalization, the internationalization of higher education and its transnationalization, reaching the Brazilian system - SINAES.The construction of the object of study of this thesis focuses on the SINAES, specifically for the procedures inherent to the Institutional Evaluation and Evaluation of Undergraduate Courses, having as a privileged locus what I call "evaluation circuits", that is, an on-site visit by the external evaluators, including moments of planning, execution and evaluation of the actions, delimited by the looks of the social actors inserted in an Institution of higher education. I present at the end, what I call here "findings" of the research, highlighting my perceptions, even with all the notes raised by the interlocutors in order to construct a justification for the performativity of the evaluation circuits, it is necessary to aim to demystify the evaluation with regulatory bias, with the aim of revealing the evaluation and the formative and democratic character.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31934
Appears in Collections:PPGS - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_mgsantos.pdf2,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.