Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31303
Title in Portuguese: Tubarões: “perigosos ou em perigo?” Uma análise da percepção pública
Author: Santos, Marina Silva dos
Advisor(s): Garcez, Danielle Sequeira
Keywords: Tubarão (Peixe) - Conservação - Fortaleza (CE)
Elasmobrânquios - Recife (PE)
Issue Date: 2017
Publisher: Instituto de Ciências do Mar
Citation: SANTOS, M. S. dos (2017)
Abstract in Portuguese: Tubarões, peixes de esqueleto cartilaginoso, são considerados predadores de topo em muitas comunidades marinhas. No mundo, existem aproximadamente 509 espécies de tubarão e, destas, no mínimo 88 podem ser encontradas no Brasil. No entanto, apesar do declínio das populações globais de tubarão, estes costumam não ser bem vistos perante o p blico. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo caracterizar os aspectos do conhecimento do p blico, maior de 18 anos, sobre os tubar es e sua conservação. Aprovada pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Ceará (UFC), a pesquisa de car ter descritivo foi realizada durante o segundo semestre de 2017 nas cidades de Recife-PE e Fortaleza-CE, com a participação de 64 pessoas 32 em cada cidade . As entrevistas semiestruturadas foram realizadas utilizando um question rio de 20 perguntas relativas aos incidentes entre tubarões e humanos, aspectos bioecológicos, a conservação e a visão do público a respeito do animal. Os resultados mostraram que além de demonstrar baixo conhecimento sobre os tubarões, os entrevistados apresentaram uma imagem negativa relativa a esses animais, que está associada informações sensacionalistas, incidentes com humanos e ao pouco conhecimento efetivo sobre o grupo. Assim, faz-se necessário a elaboração de programas e ações de educação ambiental para informar as pessoas sobre os aspectos bioecológicos e conservação dos tubarões, e desmistificar a imagem negativa associada ao grupo, buscando assim contribuir para a preservação e imagem carismática destes animais.
Abstract: Sharks, cartilaginous skeleton fish, are considered top predators in many marine communities. In the world, there are approximately 509 species of shark, and of these, at least 88 can be found in Brazil. However, despite the decline of global shark populations, they are mostly seen in a negative way by the public. This study focused on surveying the general public (18 years and older) for its opinions on sharks and their conservation. Approved by the Ethics Committee of the Federal University of Ceará (UFC), the descriptive research was conducted during the second half of 2017 in the cities of Recife-PE and Fortaleza-CE, with the participation of 64 people (32 in each city). Semi-structured interviews were carried out using a questionnaire of 20 questions related to bioecological aspects, conservation and general public view on sharks, and on incidents with humans. In addition to lacking general knowledge about sharks, the results displayed that the interviewees presented a negative image regarding these animals that is associated with sensationalist media, incidents with humans, and little knowledge about this group of fish. Thus, it is necessary to establish environmental education programs and take actions to inform people about the bioecological aspects and conservation of sharks, and to demystify the negative image associated with them in order to contribute to the charismatic image, and ultimately, the preservation of these animals.
Description: SANTOS, M. S. dos. Tubarões: “perigosos ou em perigo?” Uma análise da percepção pública. 2017. 55 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31303
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_mrdossantos.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.