Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30960
Title in Portuguese: Sobre a transgressão: uma análise semiótica da obra lavoura arcaica, de Raduan Nassar
Author: Vieira Sobrinho, Raquel
Advisor(s): Leite, Ricardo Lopes
Keywords: Semiótica discursiva
Paixão
Modalidade
Transgressão
Issue Date: 2017
Citation: VIEIRA SOBRINHO, Raquel. Sobre a transgressão: uma análise semiótica da obra lavoura arcaica, de Raduan Nassar. 2017. 79f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2017.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como objetivo investigar, à luz da Semiótica Discursiva, o fenômeno da transgressão na obra Lavoura Arcaica, do autor Raduan Nassar. Parte-se da suposição de que a transgressão seja construída no discurso dessa obra como uma configuração modal complexa, fundamentada na oposição entre um sistema de valores sociais e um sistema de valores individuais, que culmina na quebra do contrato fiduciário implícito entre o sujeito e seu meio social (GREIMAS, 1975). Como consequência da quebra desse contrato, aquele sujeito cuja conduta não está dentro do esperado, de acordo com o sistema de valores vigente, é um sujeito transgressor a quem pode ser destinado um lugar de marginalidade. É nosso propósito descrever, com base, especialmente, nas modalidades do dever, querer, poder e saber, a transgressão como resultado da articulação entre essas modalidades, como um arranjo modal complexo. Desse modo, é possível analisar os percursos narrativos dos sujeitos e, assim, identificar as relações polêmicas e/ou contratuais que se estabelecem entre eles e que, no nível discursivo, se tematizam em conflitos familiares, religiosos, sexuais etc. Ao final, procuramos mostrar que a transgressão é um efeito de sentido global que atravessa toda a obra, uma “paixão de papel” complexa, que envolve a interação conflituosa entre as instâncias modais do dever (um sistema de normas sociais), do querer (a dimensão do desejo), do poder, do saber e, em última instância, do crer.
Abstract: This work aims to investigate the phenomenon of transgression in the novel Ancient Tillage, of the author Raduan Nassar, based on the theory of Discursive Semiotics. We start from the assumption that transgression is constructed in the discourse as a complex modal configuration founded on the opposition between a system of social values and a system of individual values, culminating in the breaking of the implicit fiduciary contract between the subject and his social environment (GREIMAS, 1975). As a consequence of the breach of the contract, the subject whose conduct is not within the expected, according to the current value system, is a transgressor subject to whom a place of marginality can be destined. It is our purpose to describe, based especially on the modalities of having-to, wanting, being-able-to and knowing, how the transgression is a result of those modal categories articulated. Therefore, it is possible to analyze the narrative of the subjects and thus to identify the controversial or contractual relations that are established between them and that appeared in the discourse as family, religious, sexual, etc. conflicts. Finally, we try to show that transgression is a global effect of meaning that goes through the text as a complex modal configuration, involving the conflictual interaction between the modal instances of having-to (a system of social norms), of wanting (dimension of desire), of being-able-to, of knowing and, ultimately, of believing.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30960
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_rvieirasobrinho.pdf690,67 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.