Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3091
Title in Portuguese: Utopia concreta, esperança e educação: o Princípio Esperança de Ernst Bloch como filosofia da educação
Title: Concrete utopia, hope and education: the Principle of Hope Ernst Bloch as a philosophy of education
Author: Lima, Isaias Batista de
Advisor(s): Arrais Neto, Enéas de Araújo
Keywords: Bloch, Ernst, 1885-1977 - O Princípio Esperança - Crítica e Interpretação
Filosofia da Educação
Education Philosophy
Issue Date: 2010
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: LIMA, Isaias Batista de. Utopia concreta, esperança e educação: o Princípio Esperança de Ernst Bloch como filosofia da educação. 2010. 159f.Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza-CE, 2010.
Abstract in Portuguese: O presente estudo faz uma análise do pensamento do filósofo Ernst Bloch, tomando como referência sua principal obra, O Princípio Esperança, com o objetivo de identificar a sua reflexão acerca do fenômeno da educação. O trabalho, excetuando-se a introdução e conclusão, é divido em três partes: no segundo capítulo, é feito um resgate do conceito de matéria em Avicena e sua influência para a ontologia do ainda-não, formulada por Bloch. No terceiro segmento, a exposição centra-se na categoria da esperança com base na antropologia blochiana, que identifica o homem como ser inacabado e de carências, cuja realização de seu ser e de suas carências o projetam para o futuro com arrimo nos sonhos por uma vida melhor; fato que encaminha suas reflexões para a utopia e a ética. No quarto capítulo, é tratado o papel da centralidade do conhecimento para a tematização do futuro, com suporte nas potências e latências do movimento da matéria que prenunciam o ainda-não como possível. Esse tratamento atribuído ao conhecimento remete a uma idéia de educação, entendida como trabalho de tematização do futuro, logo como práxis transformadora, de cuja concepção é possível se falar em uma pedagogia da esperança, encaminhando-se para uma consideração da educação como uma atividade de instauração do novo que implica sua relação necessária com a ética, a utopia e a ontologia.
Abstract: The current study is an analysis about the thought of the philosopher Ernst Bloch, with reference to his major work, The Principle Hope. The goal is to identify its reflection on the education phenomenon. The work, except the introduction and conclusion, is divided into three parts: in the second chapter is made a rescue of the matter concept and its influence on Avicenna to the ontology of the not-yet formulated by Bloch. In the third segment, the exhibition focuses on the category of hope based on blochian anthropology, which identifies the man as an unfinished being with needs, whose performance of their being and their needs project him into the future with support to dreams of a better life; fact that forwards its reflections to utopia and ethics. In the fourth chapter is treated the centrality of knowledge role to thematize future, with support from their powers and latencies of the matter motion that herald the not-yet as possible. This knowledge treatment refers to the idea of education understood as a thematization work of the future and as a transformative praxis, whose conception is possible to speak about a pedagogy of hope, heading for an education thought as an activity introduction of the new that imply its necessary relationship to ethics, ontology and utopia.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3091
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_Tese_IBLima.pdf934,51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.