Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30774
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRamos, Evilásio Almeida-
dc.date.accessioned2018-04-05T17:49:21Z-
dc.date.available2018-04-05T17:49:21Z-
dc.date.issued1980-
dc.identifier.citationRamos, E. A. (1980)pt_BR
dc.identifier.issn0102-1117-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30774-
dc.descriptionRAMOS, Evilásio Almeida. Auto-realização: uma necessidade existencial. Revista Educação em Debate, Fortaleza, v. 3, n. 2, p. 53-66, jul./dez. 1980.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Educação em Debatept_BR
dc.subjectAuto-realizaçãopt_BR
dc.subjectNecessidade existencialpt_BR
dc.subjectRelações humanas positivaspt_BR
dc.subjectBusca de valorespt_BR
dc.subjectNíveis de aspiraçãopt_BR
dc.subjectNecessidade de transcendênciapt_BR
dc.titleAuto-realização: uma necessidade existencialpt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrPara início de análise, a auto-realização é definida, aqui, de maneira bastante simplificada, como uma necessidade existencial. É tida pela maioria dos psicólogos humanistas como o postulado básico do desenvolvimento psicológico da pessoa humana. Como postulado, claro está, não é imune a críticas e contestações. Mas as Ciências Sociais, diga-se de passagem, são contestáveis justamente porque se baseiam em postulados teóricos, muitas. vezes não suficientemente comprovados pela experiência empírica. A auto-realização é um desses postulados. Embora não seja gratuitamente privilegiada pela Psicologia Humanista-Existencial - pois há evidências científicas em seu favor (Cofer-Appley 1972, p. 642-675) - precisa contudo de mais comprovação para ter maior acolhida. Isso não invalida o esforço de se explorar seu conteúdo conceitual. É isso que pretendo fazer aqui - analisar o conceito de auto-realização tal como é concebido pelos psicólogos humanistas, sem me preocupar com suas implicações fora da psicologia do desenvolvimento da personalidade. Ela certamente tem relevantes consequências úteis à educação, por exemplo, mas não me ocuparei disso neste momento.pt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1980_art_earamos.pdf6,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.