Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30744
Title in Portuguese: Acessibilidade e ensino superior: desvendando caminhos para o ingresso e permanência de alunos com deficiência visual na Universidade Regional do Cariri – URCA sob a perspectiva da avaliação educacional
Author: Oliveira, Marla Vieira Moreira de
Advisor(s): Viana, Tania Vicente
Keywords: Acessibilidade
Alunos com deficiência visual
Avaliação da aprendizagem
Ensino Superior
Accessibility
Students with visual disability
Assessment of learning
Higher education
Issue Date: 2017
Citation: Oliveira, M. V. M.; Viana, T. V. (2017)
Abstract in Portuguese: A Educação é um direito social, sendo dever do Estado garantir o ingresso ao Ensino Superior. No entanto, o importante não é apenas o acesso universal, mas principalmente a permanência dos indivíduos nas instituições de ensino. Nesse sentido, a avaliação da aprendizagem é um momento privilegiado no que concerne à pessoa com deficiência visual. É necessário o reconhecimento de suas caraterísticas para que possa aprender e ser avaliada de forma qualificada. Ainda é constatada uma escassez de estudos sobre a avaliação da aprendizagem para a pessoa com deficiência visual no Ensino Superior em âmbito nacional. Este estudo se fundamenta na compreensão de avaliação da aprendizagem em uma perspectiva inclusiva, como propõem Beyer (2005), Hoffmann (2001, 2005, 2008, 2011), Luckesi (2005), e nas ideias de Amiralian (1997, 2004), Lemos (1999, 2000), Masini (1993, 2007, 2013), Vianna (2000, 2005), dentre outros. Seu objetivo geral é investigar as condições de acessibilidade no vestibular da Universidade Regional do Cariri - URCA e na avaliação da aprendizagem para alunos com deficiência visual na instituição. Especificamente, objetiva: i) identificar os recursos ofertados pela instituição com o intuito de garantir a acessibilidade ao candidato com deficiência visual no vestibular; ii) verificar a realidade avaliativa dos alunos com deficiência visual na entrada e permanência na universidade; iii) coletar sugestões dos alunos com deficiência visual e dos professores para a melhoria dos procedimentos de seleção ao Ensino Superior e da avaliação da aprendizagem. Para esse propósito, foi realizada uma pesquisa qualitativa na forma de estudo de caso na URCA. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram a entrevista semiestruturada, o questionário aberto e a análise de documentos. Foi realizada uma análise de conteúdo dos dados coletados. A amostra é intencional, formada por 33 sujeitos: i) 5 alunos com deficiência visual matriculados nos seguintes cursos de graduação: Ciências Sociais, Biologia, Direito, Geografia e Letras; ii) a Vice-Presidente da Comissão Executiva do Vestibular (CEV); iii) um membro do grupo gestor do Núcleo de Acessibilidade da URCA (Nuarc) ; iv) 20 professores e 4 coordenadores; v) um candidato aprovado no mestrado profissional em Educação que possui deficiência visual e vi) o Pró-Reitor de Ensino de Graduação (PROGRAD). Os resultados apontam para a inadequação de recursos de acessibilidade no sentido de reconhecer, nos candidatos ao vestibular com deficiência visual, a diferença entre pessoas com cegueira e com baixa visão. Inclusive, com a necessidade de identificar distinções entre os candidatos com baixa visão. Os resultados são ratificados quando observado o processo de avaliação no decurso da graduação, que comprovam essa necessidade de distinção mesmo com alunos com perdas visuais bem similares. Conclui-se que existe uma identidade da pessoa com deficiência visual que está respaldada nas necessidades pedagógicas individuais e nas diferenças entre alunos com cegueira e baixa visão no que diz respeito tanto à seleção de ingresso como à avaliação da aprendizagem.
Abstract: Education is a social right. It is a duty of the state to provide the access to Higher Education. Nevertheless, it is not only important the universal access but mainly the permanence of students at the university. In that sense, assessment of learning is a privileged moment for people with visual disability. It is necessary to know their characteristics in order to improve a better process of learning and assessment. There is a lack of a larger discussion on the theme concerning assessment for people with visual disability in Higher Education in Brazil. Beyer (2005), Hoffmann (2001, 2005, 2008, 2011), Luckesi (2005), Amiralian (1997, 2004), Lemos (1999, 2000), Masini (1993, 2007, 2013), Vianna (2000, 2005), among other authors proposed a theoretical framework to this study according to an inclusive assessment of learning. The main purpose of the current research was to accomplish an investigation about the conditions of accessibility for students with visual disability in Universidade Regional do Cariri – URCA regarding the process of selection and admission for Higher Education as well as the practice of assessment of learning. Specifically, this study aimed: i) identifying the accessibility resources offered by the exam of selection and admission for people with visual disability; ii) verifying the students’ reality concerning educational assessment during access and permanence at the university; iii) gathering suggestions of students with visual disability and their professors for a better process of selection and admission for Higher Education and practice of assessment of learning. Thus, a qualitative research was accomplished, as a case study. Semi-structured interview, non-structured questionnaire and document analysis were used as instruments for data collection. A content analysis of the collected data was accomplished. The sample was intentional and composed by 33 subjects altogether: i) 5 students with visual disability registered in the following graduation courses: Social Sciences, Biology, Law School, Geography and Literature; ii) the vice-president of the process of selection and admission; iii) a member of the accessibility center of URCA (Nuarc); iv) 20 professors and 4 coordinators; v) a student with visual disability of a master’s degree in Education and vi) the Pro rector of graduation. The results pointed out an inadequacy of accessibility resources for students with visual disability, with no distinction between candidates who are blind or visually impaired for the exam of selection and admission. Indeed, it is necessary to identify differences regarding visually impaired people. The results revealed the same about the need of distinction for blind and visually impaired students regarding learning assessment, even though they present similar visual disabilities. In conclusion, there is an identity of the person with visual disability based on the educational needs and differences of blind and visually impaired students related to the process of selection and admission as well as to the practices of learning assessment.
Description: OLIVEIRA, Marla Vieira Moreira de. Acessibilidade e ensino superior: desvendando caminhos para o ingresso e permanência de alunos com deficiência visual na Universidade Regional do Cariri – URCA sob a perspectiva da avaliação educacional. 2017. 241f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Cearpa, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30744
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tese_mvmoliveira.pdf3,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.