Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30557
Título: Participação na era da informação: uma análise do uso das TICs nos processos participativos
Autor(es): Meneses, Vítor Domício de
Orientador(es): Cardoso, Daniel Ribeiro
Coorientador(es): Freitas, Clarissa Figueiredo Sampaio
Palavras-chave: Participação
Planejamento urbano
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
Data do documento: 2017
Citação: MENESES, V. D. (2017)
Resumo: Embora a participação nos processos de planejamento urbano seja uma exigência para a elaboração de Planos Diretores nos municípios brasileiros, as condutas tecnocráticas ainda são predominantes, fazendo com que esses processos ocorram, em geral, sem a genuína participação popular. Este contexto revela o distanciamento entre cidadãos e governantes, fato que fragiliza as dimensões democráticas e reduz ainda mais a autonomia popular. Assegurar a inclusão da população no planejamento urbano é condição fundamental para a construção de cidades mais justas e democráticas. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) criam espaços para novas e instantâneas conexões entre os indivíduos. Isto permite a construção de uma interface de redes colaborativas sobre os mais diversos temas, inclusive questões relativas a cidade e a participação. Esta pesquisa tem como objetivo analisar o uso das TICs nos processos de planejamento urbano participativo. Esta investigação parte do seguinte questionamento: Quais as dificuldades enfrentadas nos processos participativos e que tipo de alternativas as TICs oferecem para solucioná-las? Para responder a estas perguntas, a pesquisa realizou um estudo de caso do processo participativo da comunidade Raízes da Praia, em Fortaleza CE, promovido em parceria com o Programa de Educação Tutorial do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará (ARQPET) a partir de uma demanda habitacional expressa pela comunidade. Neste processo, foram realizadas oficinas colaborativas com os moradores, entrevistas semiestruturadas e observação de campo com objetivo de caracterizar a experiência e apontar problemas e potencialidades do processo. A partir disto foram selecionados dispositivos virtuais de participação com potencial para auxiliar na resolução dos problemas identificados. Por fim, o trabalho propõe uma classificação dos dispositivos de acordo com os seus respectivos objetivos e a partir do tipo de conexão que proporcionam entre cidadãos e gestores, culminando em uma proposta de sistematização do uso das TICs enquanto suporte aos processos participativos nas etapas de planejamento urbano.
Abstract: Although participation in urban planning processes is a requirement for the elaboration of Master Plans in Brazilian municipalities, technocratic behaviors are still predominant, making these processes occur, in general, without genuine popular participation. This context reveals the distance between citizens and rulers, which weakens the democratic dimensions and further reduces popular autonomy. Ensuring inclusion of the population in urban planning is a fundamental condition for the construction of more just and democratic cities. Information and Communication Technologies (ICTs) create spaces for new and instant connections between individuals. This allows the construction of an interface of collaborative networks on a wide range of topics, including issues related to city and participation. This research aims to analyze the use of ICTs in participatory urban planning processes. This research is based on the following question: What are the difficulties faced in participatory processes and what kind of alternatives do ICTs offer to solve them? To answer these questions, the research carried out a case study of the participatory process of the Raízes da Praia community, in Fortaleza CE, promoted in partnership with the Program of Tutorial Education of the Architecture and Urbanism Course of the Federal University of Ceará (ARQPET) from a housing demand expressed by the community. In this process, collaborative workshops were held with the residents, semi-structured interviews and field observation with the purpose of characterizing the experience and pointing out problems and potentialities of the process. From this, virtual participation devices with potential to help solve the identified problems were selected. Finally, the paper proposes a classification of the devices according to their respective objectives and from the type of connection that they provide between citizens and managers, culminating in a proposal of systematization of the use of the TICs as support to the participatory processes in the planning stages urban.
Descrição: MENESES, V. D. Participação na era da informação: uma análise do uso das TICs nos processos participativos. 2017. 116 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo e Design) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30557
Aparece nas coleções:DAU - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_vdmeneses.pdf2017_dis_vdmeneses6,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.