Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30490
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAzevedo, Alana Katielli Nogueira-
dc.contributor.authorFrança, Thiago Mota Pacífico de-
dc.date.accessioned2018-03-21T18:39:48Z-
dc.date.available2018-03-21T18:39:48Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationFRANÇA, Thiago Mota Pacífico de. A reforma da saúde norte-americana: um estudo exploratório. 2012. 52 f. TCC (graduação em Ciências Atuárias ) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza-CE, 2012.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30490-
dc.description.abstractThis study discusses the U.S. health reform and the possibility of universal access to health care through private insurance. The great challenge of the U.S. government is on expanding access, reducing costs and regulation and financing. Challenge that faces criticism about the constitutionality of measures reforming the system structurally and normatively. Most Americans understand that the health system does not work efficiently or effectively, but few understand the scope of the problems involved. Access highlighted in this work encompasses both the ease and speed with which health services can be obtained. In the United States health care opreradoras are provided by private insurance, while the basic public health are provided by the state through programs (Medicare, Medicaid, Child Health Insurance Program, among others). Before the reform the American system, highlights a parallel between the health systems of Brazil and the U.S., describing the specifications of that show access, cost and performance, specifically related to the normative question of state intervention in health guarantee universally. Far from comparisons are also presented some similarities generated from the difficulties and problems faced by both. Disparities in access to health services affect individuals and society. Limited access to health care affects the ability of people to reach their full potential, negatively affecting their quality of life.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSUS (BR)pt_BR
dc.subjectSistemas de Saúdept_BR
dc.titleA reforma da saúde norte-americana: um estudo exploratóriopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrO presente estudo discute a reforma sanitária americana e a possibilidade de universalização do acesso à saúde através dos seguros privados. O grande desafio do governo dos EUA está na ampliação do acesso, na redução dos custos e na regulamentação e financiamento. Desafio este que enfrenta crítica acerca da constitucionalidade ou não das medidas que reformam estruturalmente e normativamente esse sistema. A maioria dos americanos entende que o sistema de saúde não funciona de forma eficiente ou eficaz, mas poucos compreendem o alcance dos problemas envolvidos. O acesso destacado nesse trabalho engloba tanto a facilidade e a rapidez com que os serviços de saúde podem ser obtidos. Nos Estados Unidos, os cuidados em saúde são fornecidos por opreradoras de seguros privados, enquanto o serviço público básico de saúde são fornecidos pelo Estado, através de programas (Medicare, Medicaid, Programa da Criança Seguro Saúde, entre outros). Diante da reformulação do sistema americano, ressalta-se um paralelo entre os sistemas sanitários do Brasil e dos EUA, descrevendo as características que evidenciam acesso, gasto e desempenho, especificamente relacionados à questão normativa da intervenção do Estado na garantia de saúde universal. Longe de comparações, são apresentadas também algumas semelhanças geradas a partir das dificuldades e dos problemas por ambos enfrentados. O acesso limitado a cuidados de saúde afeta a capacidade das pessoas para atingir seu pleno potencial, afetando negativamente a sua qualidade de vida.Tendo em vista a complexidade da proposta apresentada para a reforma da saúde americana, muitas dúvidas ainda gravitam em torno da sua eficiência em tentar realizar uma inclusão em massa, porém todas as tentativas são validas para uma possível evolução de tal sistema.pt_BR
Appears in Collections:CIÊNCIAS ATUARIAIS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tcc_tmpfrança.pdf501,42 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.