Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29878
Title in Portuguese: O desafio da análise de redes de saúde no campo da saúde coletiva
Title: The challenge of health networks analysis in public health
Author: Amaral, Carlos Eduardo Menezes
Bosi, Maria Lúcia Magalhães
Keywords: Redes de Atenção à Saúde
Gestão em Saúde
Planificação em Saúde
Análise Qualitativa
Issue Date: Apr-2017
Publisher: Saúde e Sociedade
Citation: AMARAL, C. E. M. ; BOSI, M. L. M. O desafio da análise de redes de saúde no campo da saúde coletiva. Saúde Soc., São Paulo, v. 26, n. 2, p. 424-434, abr./jun. 2017.
Abstract in Portuguese: A organização do cuidado no Sistema Único de Saúde tem conferido destaque às redes de atenção, tanto no campo discursivo como na sua tradução em estratégias concretas. Contudo, são escassos os aportes analíticos e avaliativos abarcando as redes enquanto objeto. Neste artigo, apresentamos alguns subsídios sob forma de um construto multidimensional que dialoga com as contribuições de autores do campo da saúde coletiva e de outros campos disciplinares que se debruçaram sobre o tema. Nossa proposta apresenta cinco dimensões, sistematizadas depois de um exercício conduzido pelo método analítico reflexivo, tomando como material 23 artigos concernentes a distintos aspectos relevantes à análise de redes de saúde. Esse exercício, operacionalizando um processo sucessivo de redução semântica, resultou em um modelo composto pelas seguintes dimensões: Unidades mínimas, compreendendo a caracterização dos pontos fixos a partir dos quais ocorrem as conexões da rede; Conectividade, representando as modalidades e efeitos das relações estabelecidas entre as unidades mínimas; Integração, concernente aos efeitos do conjunto das unidades mínimas e suas relações, identificados como coerência, continuidade e complementaridade de ações na rede; Normatividade, indicando a construção e adesão a diretrizes clínicas e linhas de cuidado singulares, assim como o estabelecimento de critérios de encaminhamento, entrada e saída de cada ponto da rede; e Subjetividade, incluindo protagonismos, sentidos, valores e vínculos afetivos circulantes na rede. Essas dimensões, operando de forma recursiva, podem subsidiar a construção de modelos analítico-conceituais de redes como aporte à superação desse desafio no campo da saúde coletiva.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29878
metadata.dc.type: Artigo
ISSN: impressa 0104-1290
On-line 1984-0470
Appears in Collections:DSC - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_cemamaral.pdf710,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.