Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29832
Title in Portuguese: "A criação do conflito foi que mostrou pra sociedade o quê que estava acontecendo ali": agronegócio, vida e trabalho no baixo Jaguaribe, CE
Author: Teixeira, Maiana Maia
Advisor(s): Rigotto, Raquel Maria
Keywords: Agronegócio
Relações trabalhistas
Direitos fundamentais
Meio ambiente
Issue Date: 2010
Citation: TEIXEIRA, M. M. (2010)
Abstract in Portuguese: A presente monografia nasce da necessidade de debate sobre os principais paradigmas do projeto de desenvolvimento da agricultura cearense, pautado na modernização da agricultura patronal em áreas consideradas de maior potencial agrícola com vistas à implantação de complexos agroindustriais, nos quais os trabalhadores rurais e a agricultura familiar se integram de forma dependente e subordinada. Parte da percepção de que essa reestruturação produtiva articulada pelo Estado se processa de forma socialmente seletiva e espacialmente concentrada, colaborando sobremaneira na acentuação das desigualdades e contradições da sociedade brasileira. Busca enfrentar a construção complexa do território, a partir da diversidade dos conflitos nele vivenciados, a fim de auxiliar no delineamento das identidades, ações e interações dos sujeitos que vivenciam e transformam o atual projeto de desenvolvimento, quais sejam, as empresas do agronegócio, o Estado e os trabalhadores e camponeses. Posteriormente, pretende, a partir das observações dos processos de degradação da dignidade do trabalhador e de precarização das relações de trabalho percebidas como adotados pelas empresas ligadas ao agronegócio, assim como dos processos de expropriações dos pequenos arrendatários, parceiros, meeiros, pequenos produtores e posseiros, aprofundar a discussão sobre os elementos caracterizadores desse modelo e sobre os reflexos destes no sentido e efetividade dados à proteção dos direitos fundamentais dos trabalhadores e camponeses.
Abstract: The current research comes from the necessary discussion about the main agriculture development Project from state of Ceará, which is based on the modernization of employers agriculture in areas considered with better agriculture potential to intent to improve agro-industrial complexes where rural workers and family farming make part dependently and subordinately.Part of the perception that this restructuring process articulated by the State is conducted in a socially selective and spatially concentrated, contributing to the accentuation of inequalities and contradictions of brazilian society.Look for face the complex construction of the territory, from the diversity of conflicts experienced in it, to assist in the delineation of identities, actions and interactions of individuals who experience and transform the current development project, the agribusiness companies, the State and workers and farmer peasants. Later, from observations of workers dignity degradation and precariousness of labor relations processes perceived as adopted by companies related to agribusiness, as well as expropriation procedures of small tenants, partners, sharecroppers, small farmers and squatters, deepen the discussion about characteristic elements of this model and about its repercussion in the effectiveness in order to protect the fundamental rights of workers and farmer peasants.
Description: TEIXEIRA, Maiana Maia." A criação do conflito foi que mostrou pra sociedade o quê que estava acontecendo ali": agronegócio, vida e trabalho no baixo Jaguaribe, CE. 2010. 137 f. Monografia (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29832
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:DIREITO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_tcc_mmteixeira.pdf11,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.