Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29283
Title in Portuguese: Validação do conteúdo do diagnóstico de enfermagem intolerância à atividade em pacientes com insuficiência cardíaca
Title: Validation of nursing diagnosis content intolerance to activity in patients with heart failure
Author: Ferreira, Gabriele de Lima
Advisor(s): Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
Keywords: Insuficiência Cardíaca
Diagnóstico de Enfermagem
Estudos de Validação
Issue Date: 21-Dec-2017
Citation: FERREIRA, G. L. Validação do conteúdo do diagnóstico de enfermagem intolerância à atividade em pacientes com insuficiência cardíaca. 2017. 72 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: Este estudo tem o objetivo de validar o diagnóstico de enfermagem Intolerância à atividade pertencente à taxonomia da NANDA Internacional (NANDA-I) em pacientes com Insuficiência cardíaca. Foi desenvolvido em duas partes: desenvolvimento de uma Teoria de Médio Alcance (TMA) para o diagnóstico de Intolerância à atividade (IA) e validação de conteúdo por juízes. O desenvolvimento da TMA se deu a partir de cinco etapas: definição de modelos conceituais para serem analisados, definição dos conceitos principais (conceitos-chave), construção de um pictograma, construção das proposições e, por fim, estabelecimento das relações de causalidade e a evidência para a prática. Para a primeira etapa da elaboração da TMA utilizou-se uma revisão de literatura. Os estudos foram identificados nas bases Web of Science, PubMed, Scopus, CINAHL e Cochcrane, utilizando os descritores heart failure, motor activity e activity intolerance, obtendo-se a amostra final de 16 artigos. Na segunda etapa, foram construidas as definições conceituais e operacionais. Um pictograma foi elaborada na terceira etapa para a compreensão das relações causais dos elementos que compõem o diagnóstico de IA. Por fim, definiu-se as proposições, relações causais e as evidências para a prática. Na segunda parte do estudo, foi realizada a validação de conteúdo por juízes que teve por objetivo identificar a clareza, relevância e precisão das definições conceituais e operacionais dos elementos do diagnóstico de IA identificados a partir da TMA. Para tanto foi utilizado o teorema da diversidade preditiva e o efeito da sabedoria coletiva. Foi realizada a partir da formação de um grupo de juízes formado por enfermeiros que participam de grupos de pesquisa os quais desenvolvem estudos sobre diagnósticos de enfermagem. O presente estudo foi encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará – COMEPE, obtendo o parecer Nº 2.439.025. Ainda é importante destacar que foram obedecidas todas as recomendações da resolução 466/2012, referente às pesquisas com seres humanos. Nos resultados obtivemos uma amostra de 23 juízes, a maioria possuía o nível mestrado (56,5%) e tempo de formação profissional de 8,1 anos (DP = 7,57). Em relação a atuação profissional, a maioria (34,8%) desenvolvia atividades em instituições hospitalares. A experiência com diagnóstico de enfermagem foi identificada no total da amostra e 95% participavam de projetos que realizam pesquisas com a temática relacionada a Diagnósticos de enfermagem com a média de 6,81 anos para tempo de participação. Em relação ao nível de expertise, a amostra contou em sua maioria com juízes no nível Iniciante avançado. Todos os indicadores propostos foram considerados relevantes para a identificação do diagnóstico de Intolerância à atividade. Para o indicador dispneia aos esforços foi considerado uma alteração em sua clareza e precisão operacional. Já na análise dos indicadores Resposta anormal da pressão sanguínea a atividade e Resposta anormal da frequência cardíaca a atividade, os juízes sugeriram uma revisão em relação suas definições conceituais e operacionais. Os fatores etiológicos Idade e Repouso no leito não foram considerados relevantes pelos juízes para o diagnóstico em estudo (p<0,001). Espera-se que os dados obtidos neste estudo possam contribuir para uma maior compreensão do DE Intolerância à atividade bem como o refinamento desta taxonomia.
Abstract: This study aims to validate the nursing diagnosis Intolerance to the activity belonging to the taxonomy of NANDA International (NANDA-I) in patients with heart failure. It was developed in two parts: development of a Medium-Sized Theory (TMA) for the diagnosis of Intolerance to Activity (AI) and validation of content by judges. The development of TMA was based on five stages: definition of conceptual models to be analyzed, definition of the main concepts (key concepts), construction of a pictogram, construction of propositions and, finally, establishment of causal relations and evidence for practice. A literature review was used for the first stage of TMA preparation. The studies were identified in the databases Web of Science, PubMed, Scopus, CINAHL and Cochcrane, using descriptors heart failure, motor activity and activity intolerance, obtaining the final sample of 16 articles. In the second stage, the conceptual and operational definitions were constructed. A pictogram was elaborated in the third stage to understand the causal relationships of the elements that make up the AI diagnosis. Finally, we defined the propositions, causal relations and the evidences for the practice. In the second part of the study, the validation of content by judges was performed to identify the clarity, relevance and precision of the conceptual and operational definitions of the elements of the diagnosis of AI identified from the TMA. For this, the predictive diversity theorem and the collective wisdom effect were used. It was carried out from the formation of a group of judges formed by nurses who participate in research groups who develop studies on nursing diagnoses. The present study was sent to the Research Ethics Committee of the Federal University of Ceará - COMEPE, obtaining opinion No. 2,439,025. It is still important to note that all the recommendations of resolution 466/2012 regarding human research were obeyed. In the results we obtained a sample of 23 judges, most of whom had masters level (56.5%) and professional training time of 8.1 years (SD = 7.57). In relation to professional performance, the majority (34.8%) developed activities in hospital institutions. The experience with nursing diagnosis was identified in the total sample and 95% participated in projects that carry out researches related to Nursing Diagnostics with a mean of 6.81 years for participation time. Regarding the level of expertise, the sample counted mostly with judges at the Advanced Beginner level. All the proposed indicators were considered relevant for the identification of the diagnosis of Intolerance to the activity. For the indicator dyspnea on exertion was considered a change in its clarity and operational precision. Already in the analysis of the indicators Abnormal response of blood pressure to activity and Abnormal response of heart rate to activity, the judges suggested a revision regarding their conceptual and operational definitions. The etiological factors Age and rest in the bed were not considered relevant by the judges for the diagnosis under study (p <0.001). It is hoped that the data obtained in this study may contribute to a better understanding of the SD intolerance to the activity as well as the refinement of this taxonomy.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/29283
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_glferreira.pdf1,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.