Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28994
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSilva, Renan Alves-
dc.contributor.authorMartins, Álissan Karine Lima-
dc.contributor.authorCastro, Natália Barreto de-
dc.contributor.authorViana, Anna Virgínia-
dc.contributor.authorButcher, Howard Karl-
dc.contributor.authorSilva, Viviane Martins da-
dc.date.accessioned2018-01-15T12:24:20Z-
dc.date.available2018-01-15T12:24:20Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationSILVA, R. A. et al. Analysis of the concept of powerlessness in individuals with stroke. Invest. Educ. Enferm., Medellin, v. 35, n. 3, p. 306-31. 2017.pt_BR
dc.identifier.issnPrint version 0120-5307-
dc.identifier.issnOn-line version 2216-0280-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28994-
dc.description.abstractObjetivo. Identificar e analisar o conceito do sentimento de impotência em indivíduos com acidente vascular encefálico, segundo a Taxonomia da NANDA-I. Métodos. Análise de conceito a partir de acesso on-line a quatro bases de dados utilizando os descritores: impotência; desamparo aprendido; acidente vascular cerebral, depressão nas línguas português, inglês e espanhol. Resultados. Os atributos críticos do sentimento de impotência são: fragilidade, desamparo, falta de controle e poder para alcançar os resultados propostos para recuperação e adaptação. Encontrou-se onze novos antecedentes. Recomenda-se reformular três antecedentes presentes na taxonomia. Evidenciou-se quatorze consequentes; sugere-se alterar três consequentes a partir da revisão. Conclusão. Com a análise elaborou-se um conceito mais completo do sentimento de impotência permitindo clarificar os atributos críticos que, por sua vez, auxiliará ao enfermeiro reabilitador reconhecer os sinais e sintomas e fortalecer mecanismos de tolerância e enfrentamento ao estresse.pt_BR
dc.language.isoenpt_BR
dc.publisherInvestigación y Educación en Enfermeríapt_BR
dc.subjectDesamparo Aprendidopt_BR
dc.subjectHelplessness, Learnedpt_BR
dc.subjectAcidente Vascular Cerebralpt_BR
dc.subjectStrokept_BR
dc.titleAnalysis of the concept of powerlessness in individuals with strokept_BR
dc.title.alternativeAnálisis del concepto de Sentimiento de impotencia en individuos con accidente cerebrovascularpt_BR
dc.title.alternativeAnálise do conceito de Sentimento de impotência em indivíduos com acidente vascular encefálicopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrObjetivo. Identificar e analisar o conceito do sentimento de impotência em indivíduos com acidente vascul encefálico, segundo a Taxonomia da NANDA-I. Métodos. Análise de conceito a partir de acesso on- line a quatro bases de dados utilizando os descritores: impotência; desamparo aprendido; acidente vascular cerebral, depressão nas línguas português, inglês e espanhol. Resultados. Os atributos críticos do sentimento de impotência são: fragilidade, desamparo, falta de controle e poder para alcançar os resultados propostos para recuperação e adaptação. Encontrou- se onze novos antecedentes. Recomenda-se reformular três antecedentes presentes na taxonomia. Evidenciou- se quatorze consequentes; sugere-se alterar três consequentes a partir da revisão. Conclusão. Com a análise elaborou-se um conceito mais completo do sentimento de impotência permitindo clarificar os atributos críticos que, por sua vez, auxiliará ao enfermeiro reabilitador reconhecer os sinais e sintomas e fortalecer mecanismos de tolerância e enfrentamento ao estresse.pt_BR
dc.description.abstract-esObjetivo. Analizar el concepto de sentimiento de impotencia en individuos con accidente cerebrovascular, según la Taxonomía de NANDA-I. Métodos. Análisis de concepto a partir del acceso on-line a cuatro bases de datos utilizando los descriptores: impotencia; desamparo aprendido; accidente vascular cerebral, depresión en los idiomas portugués, inglés y español. Resultados. Los atributos críticos del sentimiento de impotencia son: fragilidad, desamparo, falta de control y el no poder alcanzar los resultados propuestos para la recuperación y adaptación. Se encontraron once nuevos antecedentes. Se recomienda reformular tres antecedentes presentes en la taxonomía. Se evidenciaron 14 consecuencias y se sugiere alterar tres a partir de la revisión. Conclusión. Con este análisis se elaboró un concepto más completo del sentimento de impotencia, permitiendo clarificar los atributos críticos que, a su vez, ayudará al enfermero rehabilitador a reconocer las señales y síntomas, como también a fortalecer los mecanismos de tolerancia y enfrentamiento al estrés.pt_BR
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_rasilva.pdf158,58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.