Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28723
Título: A brief scenario of the estuarine mesozooplankton in Northeastern Brazil: a tool for conservation
Título(s) alternativo(s): Um breve cenário do mesozooplâncton estuarino no Nordeste do Brasil: uma ferramenta para a conservação
Autor(es): Garcia, Tatiane Martins
Matthews-Cascon, Helena
Matsumura-Tundisi, Takako
Leitão, Sigrid Neumann
Palavras-chave: Estuários - Brasil, Nordeste
Zooplancton
Mesozooplâncton - Revisão bibliográfica
Data do documento: 2014
Editor: Instituto de Ciências do Mar
Citação: GARCIA, T. M.; MATTHEWS-CASCON, H.; MATSUMURA-TUNDISI, T.; LEITÃO, S. N. (2014)
Resumo: A costa brasileira se estende por todo o Oceano Atlântico ocidental, abrangendo 7.367 km, sendo dividida em cinco setores, dos quais três estão localizados na região Nordeste. Nesses setores, os estuários podem ser classificados como permanentes ou temporários, estes últimos com características estuarinas apenas durante parte do ano. Estudos sobre o mesozooplâncton estuarino nessa região têm sido realizados desde 1960. Durante a estação chuvosa, as espécies marinhas penetram no estuário durante a maré alta, enquanto ma maré baixa as espécies límnicas habitam esse ecossistema. Na estação seca, há uma contribuição menor de água doce para o estuário, com influência marinha mais pronunciada; nessas condições a comunidade zooplanctônica é composta por organismos marinhos eurialinos. Esta abordagem deve ser incentivada, assim como os estudos no âmbito de toda a região Nordeste, pois existem muitos estuários onde esse grupo taxonômico nunca foi investigado.
Abstract: The Brazilian coast stretches itself along the western Atlantic Ocean, covering 7,367 km, being sorted out into five sectors, three of which are located in the northeastern region. In these sectors, estuaries can be classified as permanent or temporary, the latter holding estuarine characteristics only during part of the year. Studies carried out on estuarine mesozooplankton in that region have been conducted since the 1960s. In the rainy season, the marine species penetrate into the estuary during the high tide, whereas during the low tide limnetic species inhabit this ecosystem. In the dry season, there is a smaller freshwater contribution to the estuary with a more pronounced marine influence; under these conditions the zooplanktonic community is composed by euryhaline marine organisms. This approach should be encouraged, as well as studies throughout the whole of the Northeast region, since there are still many estuaries where this taxonomic group has never been investigated.
Descrição: GARCIA, T. M. et al. A brief scenario of the estuarine mesozooplankton in Northeastern Brazil: a tool for conservation. Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza, v. 47, n. 2, p. 94-103, dez. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28723
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_tmgarcia.pdf772,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.