Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28707
Título: Desenvolvimento de fitocosmético antioxidante a partir de extrato padronizado do coco (Cocos nucifera): um estudo comparativo entre as variedades amarela e verde
Título em inglês: Development of antioxidant phytocosmetics from standard coconut extract (Cocos nucifera): a comparative study between yellow and green varieties
Autor(es): Freitas, Rayanne Brito de
Orientador(es): Leal, Luzia Kalyne Almeida Moreira
Coorientador(es): Miron, Diogo
Palavras-chave: Cocos
Antioxidantes
Data do documento: 17-Nov-2017
Citação: FREITAS, R. B. Desenvolvimento de fitocosmético antioxidante a partir de extrato padronizado do coco (Cocos nucifera): um estudo comparativo entre as variedades amarela e verde. 2017. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017
Resumo: Cocos nucifera L. (Arecaceae), é uma palmeira frutífera, conhecida popularmente como coqueiro, utilizada em vários setores industriais, desde agrícola até cosmético. Estudos têm demonstrado as atividades antibacteriana, antifúngica e antiviral da água do coco (albúmen líquido) e/ou extratos da planta. Nos últimos anos nosso grupo tem investido de maneira inédita em pesquisas tecnológicas e biológicas de um resíduo (fibras/mesocarpo) da agroindústria do coco, que tem difícil decomposição na natureza. Diante do exposto, o objetivo do presente estudo foi desenvolver um insumo fitocosmético padronizado antioxidante para uso facial a partir da fibra de coco (Cocos nucifera), investigando as duas variedades da planta. Inicialmente foi otimizado e validado método espectrofotométrico para análises de fenóis totais nos extratos de coco. Os extratos líquidos das duas variedades (amarela e verde) de C. nucifera foram produzidos por maceração e maceração associada à turbólise, usando 7% relação droga vegetal: solvente. Dentre os extratos produzidos a partir das duas variedades de coco, o extrato hidroalcoólico de coco amarelo (EHACNA) produzido por maceração 24h associado à turbólise 10 min, foi o que apresentou os melhores resultados quanto ao teor de fenóis totais - FT (5,20 ± 0,1 mg/mL), sólidos totais (16,72 ± 0,04 mg/mL) e DPPH (89 % inibição do radical). Esse extrato foi então empregado no desenvolvimento do extrato seco por spray-dryer com auxílio de planejamento fatorial. O extrato seco do coco amarelo apresentou um teor médio de fenóis totais de 29,36 % e a análise por microscopia eletrônica de varredura revelou que este possui partículas esféricas e uniformes. Análise cromatográfica (CLAE-DAD) do extrato seco determinou o perfil cromatográfico, além dos teores de três fenóis bioativos, ácido clorogênico – ACLOR (0,16%); catequina – CAT (0,29 %) e epicatequina – EPI (0,19%). O extrato seco produzido foi incorporado na formulação de máscara facial peel off, que mostrou-se estável (período de avaliação: 21 dias; temperaturas: 27 e 45 °C), mantendo sua cor, odor, aspecto e pH. A máscara facial apresentou atividade sequestradora do radical DPPH (50 μg/mL – 86% de redução), e do ânion superóxido (50 μg/mL – 44,3% redução), que foram comparáveis a vitamina C, padrão antioxidante (89 % e 52%, respectivamente). O estudo mostrou, de maneira inédita, que o extrato líquido do coco amarelo possui características físico-químicas de maior interesse para o desenvolvimento de cosméticos em relação ao coco verde. O extrato seco do coco amarelo mostrou propriedades tecnológicas de interesse, além de atividade antioxidante, conferindo assim uma concreta aplicação cosmética da máscara facial peel off do coco amarelo.
Abstract: Cocos nucifera L. (Arecaceae), a fruit palm, popularly known as coconut, used in various industrial sectors, from agricultural to cosmetic. Studies have demonstrated the antibacterial, antifungal and antiviral activities of coconut water (liquid albumen) and / or plant extracts. In recent years our group has invested unprecedentedly in technological and biological research on a residue (fibers / mesocarp) of coconut agroindustry, which has difficult decomposition in nature. In view of the above, the objective of the present study was to develop a phytocosmetic standardized antioxidant for facial use from coconut fiber (Cocos nucifera), investigating the two plant varieties. Initially it was optimized and validated spectrophotometric method for analyzes of total phenols in coconut extracts. The liquid extracts of the two varieties (yellow and green) of C. nucifera were produced by maceration associated or not to turbolysis, using 7% vegetable drug: solvent ratio. Among the extracts produced from the two coconut varieties, the yellow coconut hydroalcoholic extract (EHACNA) produced by maceration 24h associated with 10 min turbolysis showed the best results regarding the total phenol content - FT (5,20 ± 0.1 mg / mL), total solids (16.72 ± 0.04 mg / mL) and DPPH (89% inhibition of the radical). Then this extract was used in the development of the dry extract by spray-dryer with the aid of factorial planning. The dry extract of the yellow coconut showed an average content of total phenol content of 29.36% and the analysis by scanning electron microscopy revealed that it has spherical and uniform particles. Chromatographic analysis (CLAE-DAD) of the dry extract determined its fingerprint, besides the contents of three bioactive phenols, chlorogenic acid - ACLOR (0.16%); catechin - CAT (0.29%) and epicatechin - EPI (0.19%). The dry extract produced was incorporated into the peel off facial mask formulation, which was stable (evaluation period: 21 days, temperatures 27 and 45 ° C), maintaining its color, odor, appearance and pH. The face mask showed scavenging activity of DPPH (50 mg / mL - 86% reduction) and superoxide anion (50 / mL - 44.3% reduction), which were comparable to vitamin C, antioxidant standard (89% and 52%, respectively). The study showed, unprecedentedly, that the liquid extract of the yellow coconut has physical-chemical characteristics of greater interest for the development of cosmetics in relation to the green coconut. The yellow coconut dry extract showed technological properties of interest, in addition to antioxidant activity, thus giving a concrete cosmetic application of the facial mask peel off the yellow coconut.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28707
Aparece nas coleções:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_rbfreitas.pdf2,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.