Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28690
Título: Quando as minorias falam: os personagens da websérie Cartas Urbanas, do Coletivo Nigéria, e suas construções de sentido sobre a obra
Autor(es): Sousa, Francisco Sérgio Lima de
Orientador(es): Nunes, Márcia Vidal
Palavras-chave: Comunicação alternativa
Minorias
Coletivos de audiovisual
Visibilidade
Data do documento: 2017
Citação: Sousa, F. S. L.; Nunes, M. V. (2017)
Resumo: Esta pesquisa propõe um estudo sobre as construções de sentido que os personagens que participaram da websérie Cartas Urbanas, do coletivo de audiovisual Nigéria, fazem a respeito da citada produção. A análise se volta para seis moradores e moradoras da periferia de Fortaleza, três do Grande Bom Jardim e outros três da comunidade Raízes da Praia, localizada na Praia do Futuro. O Cartas Urbanas foi lançado em 2016 e traz a discussão do direito à cidade para a realidade da capital cearense. A produção é dividida em seis episódios, cada um contando os problemas enfrentados pelos moradores de uma comunidade diferente da cidade. A websérie é uma das diversas produções do Nigéria, coletivo surgido em 2010 e composto por três jovens jornalistas na cidade de Fortaleza. O coletivo, que se identifica com as práticas do videoativismo, propõe-se a apresentar, por meio de produções audiovisuais, uma comunicação contra-hegemônica. O grupo se pauta por situações de conflito, trazendo sempre como protagonistas as vozes de grupos subalternos. A pesquisa aqui trazida é de caráter qualitativo, realizada por meio de um estudo de recepção na perspectiva dos estudos culturais latino-americanos, através de uma estratégia multimétodos, que combina entrevistas em profundidade e análise de conteúdo. Na abordagem das pessoas selecionadas, optamos por trabalhar com a história de vida como procedimento metodológico para compreensão da realidade.
Abstract: This research proposes a study about the meaning constructions that characters who participated on the web series Cartas Urbanas, from the audiovisual collective Nigéria, make towards this production. The analysis turns into six inhabitants from Fortaleza’s periphery, three of them from Grande Bom Jardim and the three others from the community Raízes da Praia, located at Praia do Futuro. Cartas Urbanas was released in 2016 and brings the discussion of the right to the city to Fortaleza’s reality. The production is divided in six episodes, each of them talking about problems faced by inhabitants of a different community in the city. The web series is one of the several productions made by Nigéria, collective raised in 2010 and composed by three young journalists from Fortaleza. The collective, which identifies itself with the practises of video activism, aim to present, by audiovisual productions, a counter-hegemonic communication. The group shows conflictual situations, always bringing as main characters the subaltern groups. This is a qualitative research, made by a reception study following the perspective of the Latin American Cultural Studies, through a multimethod strategy, which combines in-depth interviews and content analysis. We decided to work with life stories as a methodological procedure to comprehend the reality of the characters interviewed.
Descrição: SOUSA, Francisco Sérgio Lima de. Quando as minorias falam: os personagens da websérie Cartas Urbanas, do Coletivo Nigéria, e suas construções de sentido sobre a obra. 2017. 178f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28690
Aparece nas coleções:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_fslsousa.pdf1,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.