Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28622
Title in Portuguese: Modelagem em painel dinâmico dos determinantes populacionais de corrupção nos estados brasileiros
Author: Oliveira, Wilma Marques de
Advisor(s): Matos, Paulo Rogério Faustino
Keywords: Indicador de Corrupção Governamental
Painel dinâmico
Corrupção
Variáveis de controle econômicas e demográficas
Issue Date: 2017
Citation: OLIVEIRA, Wilma Marques de. Modelagem em painel dinâmico dos determinantes populacionais de corrupção nos estados brasileiros. 2017. 59f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Programa de Pós-graduação em Economia, Mestrado Profissional em Economia, Fortaleza (CE), 2017.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem por objetivo investigar se as variáveis PIB real, população, média de anos de estudo, proporção de domicílios pobres e índice de Gini se mostram significantes para explicar o nível de corrupção, mensurado pelo Indicador de Corrupção Governamental (ICG), nas 27 (vinte e sete) unidades da federação brasileira. Em um primeiro momento realiza uma revisão sobre alguns trabalhos teóricos e empíricos importantes que abordam a visão econômica da corrupção. Em seguida, propõe uma modelagem parcimoniosa e bem especificada visando identificar, por meio de um painel balanceado dinâmico durante o período de 1998 a 2008, a influência das variáveis explicativas sobre o resultado do ICG obtido para cada unidade da federação brasileira. Segundo as estimações do arcabouço, um aumento do ICG no ano anterior implica em redução deste indicador no ano seguinte. Ademais, a correlação negativa apresentada pela variável média de anos de estudo sugere que investimentos na educação podem contribuir para a redução da corrupção. No que se refere às variáveis que medem a pobreza e a concentração de renda, o resultado da estimação sugere que nas unidades da federação menos ricas e desiguais pratica-se menos atos corruptos, o que se configura como socialmente desejável. A relevância deste estudo se deve à ausência de trabalhos investigando os determinantes da corrupção em nível regional utilizando um indicador objetivo de mensuração dos atos corruptos.
Abstract: The objective of this study is to investigate whether, as variables, real GDP, population, average years of schooling, proportion of poor households and Gini index are significant to explain the level of corruption measured by the Government Corruption Indicator (ICG) in the 27 (twenty-seven) units of the Brazilian federation. First, review some important theoretical and empirical works that address an economic view of corruption. Then, it proposes a parsimonious and well specified modeling to identify, through a dynamic balance panel during the period of 1998 to 2008, an influence of the explanatory variables on the result of the ICG obtained for each unit of the Brazilian federation. Second, as estimates of the framework, an increase in the ICG in the previous year implies reducing the indicator no later year. In addition, a negative correlation presented by average variable of years of study suggested that can be promoted for a reduction of corruption. What is the difference and concentration of income, the result of the estimation, is the income measure, the result of the estimation, as the less rich and unequal units of the federation practice less corrupt acts, which is configured as socially desirable. The relevance of the study is developed in the absence of studies investigating the determinants of corruption at the regional level, which is an indicator of the measurement of corrupt acts.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28622
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_wmoliveira.pdf1,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.