Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28473
Título: 10 anos de borboletário: conhecendo o projeto cores da natureza
Autor(es): Cruz, Francisca Thais Gomes da
Gonçalves, Niédja Goyanna Gomes
Melo, Maria Edilene Alves de Melo
Cordeiro, Maria Vitória Mendes Cordeiro
Goncalves, Niedja Goyanna Gomes Goncalves
Palavras-chave: Educação Ambiental
Entomologia
Extensão Universitária
Data do documento: 2016
Citação: CRUZ, F. T. G. da; GONÇALVES, N. G. G.; MELO, M. E. A. de; CORDEIRO, M. V. M.; GONCALVES, N. G. G; (2016)
Resumo: O Borboletário Didático da Universidade Federal do Ceará (UFC) surgiu em 2006 como um empreendimento idealizado pelas professoras Niedja Goyanna e Priscila Holanda, estando inserido no Projeto Cores da Natureza. Desde então, o projeto é coordenado pela professora Niedja e vinculado ao Depto de Fitotecnia/CCA/UFC. Criado com o intuito de promover a educação ambiental e auxiliar a comunidade acadêmica em seus estudos e pesquisas, além da comunidade em geral, o projeto Cores da Natureza-Borboletário situa-se nas dependências da horta didática, no Campus do Pici. O projeto conta com diversos bolsistas e voluntários atuando diariamente na realização das atividades que vão desde a captura de espécimes, propagação e cultivo de plantas hospedeiras e nectíferas, até a alimentação das lagartas, bem como a recepção de visitantes que por vários motivos vêm conhecer o ambiente e o trabalho realizado. Entre os principais interessados na iniciativa, estão o(a)s professores(as)e as escolas. Mensalmente, o projeto recebe grupos de alunos buscando conhecer e aprender, de forma dinâmica, o ciclo de vida das borboletas existentes alí. Além disso, a ação está aberta a receber toda a comunidade. No borboletário é possível encontrar borboletas de diversas espécies, como a Hamadryas amphinome e a Papilio thoas brasiliensis, conhecidas como "estaladeira" e "borboleta caixão-de-defunto", respectivamente. Os espécimes criados no local são devidamente manejados pelos bolsistas que recebem, de antemão, orientações da coordenadora do projeto, além de buscarem, por si só, aprofundar-se nos conhecimentos acerca delas e de suas plantas hospedeiras. Ao longo de 10 anos, o projeto Cores da Natureza-Borboletário contribuiu para a formação de vários universitários que por lá passaram, como também transpôs os limites da Universidade ao recepcionar as diversas escolas e pessoas, sempre divulgando os conhecimentos obtidos com tais atividades.
Descrição: CRUZ, Francisca Thais Gomes da, et al. 10 anos de borboletário: conhecendo o projeto cores da natureza. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v.1, n.1, 2016. (Encontro de Iniciação Acadêmica, 1)
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28473
Aparece nas coleções:EIA - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_resumo_eve_ftgcruz.pdf50,43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.