Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28141
Título: Onde sobe o recurso penal estrito (nos próprios autos ou em traslados?) art. 583 do Código Processual Penal
Autor(es): Pinto, Clodoaldo
Palavras-chave: Direito penal
Código processual penal
Recurso penal estrito
Data do documento: 1961
Editor: Revista da Faculdade de Direito
Citação: PINTO, Clodoaldo (1961)
Resumo: No caso concreto, o recurso das impronúncias deve subir em traslado, e não nos autos originais, pois nesse recurso não tem interesse o réu pronunciado, nem pode com ele sofrer prejuízo em sua defesa ulterior, quando - preclusa a pronúncia - houver de prosseguir o processo para o julgamento do Júri.
Descrição: Onde sobe o recurso penal estrito (nos próprios autos ou em traslados?) art. 583 do Código Processual Penal. Revista da Faculdade de Direito, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, v.15, 2ª fase, 1961, p. 95-106.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28141
ISSN: 23172940
Aparece nas coleções:FADIR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1961_art_cpintorecurso.pdf1,56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.