Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28011
Título: Estudo do potencial farmacoquímico do óleo de batiputá (Ouratea fieldingiana - Gardner Engl.) como insumo farmacêutico
Título em inglês: Study of the pharmacochemical potential of batiputá oil (Ouratea fieldingiana - Gardner Engl.) As a pharmaceutical raw material
Autor(es): Pinto, Talita Rocha de Miranda
Orientador(es): Bandeira, Mary Anne Medeiros
Coorientador(es): Magalhães, Pedro Jorge Caldas
Palavras-chave: Ochnaceae
Óleos Voláteis
Data do documento: 25-Out-2017
Citação: PINTO, T. R. M. Estudo do potencial farmacoquímico do óleo de batiputá (Ouratea fieldingiana (Gardner) Engl.) como insumo farmacêutico. 2017. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Resumo: Ouratea fieldingiana (Gardner) Engl., conhecida popularmente no Nordeste como Batiputá, é uma planta, essencialmente arbórea ou arbustiva, pertencente à família Ochnaceae, gênero Ouratea. De seus frutos pode ser extraído um óleo que é usado tanto na culinária quanto na medicina alternativa como antinflamatório, cicatrizante e no tratamento de tosse e estados gripais. Estudiosos observaram que extratos e frações obtidas de plantas pertencentes ao gênero Ouratea possuem diversas atividades biológicas importantes como antitumoral, antiviral, vasodilatadora e antimicrobiana, tornando evidente o potencial terapêutico dessas espécies, o que justifica a necessidade de se realizar um estudo farmacoquímico e explorar o potencial farmacêutico do insumo proveniente dos frutos da espécie originária do Estado do Ceará. O presente trabalho teve como objetivo realizar o estudo farmacoquímico do óleo de batiputá a partir dos frutos de Ouratea fieldingiana com vista à determinação da sua composição química e obtenção de insumo farmacêutico. Para isso, realizou-se, preliminarmente ensaios para selecionar a técnica mais indicada para dessecação dos frutos e para a determinação do teor de umidade. Para caracterização dos seus parâmetros de qualidade realizou-se previamente, uma abordagem fitoquímica, evidenciando a presença de alcaloides, catequinas, cumarinas, esteroides, fenóis livres, flavonoides, saponinas, traços antraquinônicos e triterpenoides e análise da sua composição mineral, que revelou riqueza de micro e macro nutrientes com importantes funções no organismo. Posteriormente, foram realizados ensaios, onde foram obtidas as especificações de qualidade do óleo extraído artesanalmente e laboratorialmente como caracteres organolépticos e físico-químicos, tais como: densidade, índices: de refração, acidez, saponificação, éteres e iodo, das amostras de óleo obtidas. A análise da constituição química dos óleos artesanal (O.A) e laboratorial (O.L) por CG-FID evidenciou a presença majoritária dos ésteres metílicos dos ácidos palmítico, oleico e linoleico. Os resultados obtidos nesse trabalho foram inéditos e fornecem evidências científicas da viabilidade de aplicação do dos frutos na nutracêutica e do óleo de batiputá na dermo-cosmética, o que incentiva a manutenção e propagação dos saberes populares através de comprovação científica.
Abstract: Ouratea fieldingiana (Gardner) Engl., popularly known in the northeast as batiputá, is a plant, essentially arboreal or shrub, belonging to the family ochnaceae, genus ouratea. From its fruit can be extracted an oil that is used in both cooking and folk medicine as anti-inflammatory, healing and in the treatment of cough and flu states. It was observed that extracts and fractions obtained from plants belonging to the genus ouratea have important biological activities such as antitumor, antiviral, vasodilator, antimicrobial and inhibition of DNA topoisomerase, making evident the therapeutic potential of these species, which justifies the necessity of conducting a pharmacochemical study and to explore the pharmaceutical potential of the input from the fruits of the native species of Ceará’s state. The present work had the objective of conducting the pharmacochemical study of batiputá oil from the fruits of Ouratea fieldingiana in order to determine its chemical composition and obtaining a pharmaceutical input. For this, preliminary tests were carried out to select the most suitable technique for fruit desiccation, with determination of the moisture content. In order to characterize its quality parameters, a phytochemical approach was performed, evidencing the presence of alkaloids, catechins, coumarins, steroids, free phenols, flavonoids, saponins, anthraquinones and triterpenoids and analysis of their mineral and metallic composition, which revealed richness of micro and macro nutrients with important functions in the body. Subsequently, tests were carried out, where the quality specifications of the oil extracted by hand and laboratory were obtained as organoleptic and physico-chemical characteristics, such as: density, refractive index, acidity, saponification, esthers and iodine, obtained. The analysis of the chemical composition of the artisanal (AO) and laboratory (LO) oils by CG-FID evidenced the presence of the acid methyl ethers, palmitic, oleic and linoleic. The results obtained in this work were unpublished and provide scientific evidence of the feasibility of applying the batiputá fruits in nutraceutical and batiputá oil in dermo-cosmetics, which encourages the maintenance and propagation of popular knowledge through scientific verification.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28011
Aparece nas coleções:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_trmpinto.pdf1,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.