Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27867
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMelo Júnior, Regnoberto Marques de-
dc.contributor.authorCastro, Renata Queiroz de-
dc.date.accessioned2017-11-23T10:41:49Z-
dc.date.available2017-11-23T10:41:49Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationCASTRO, R. Q. (2012)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27867-
dc.descriptionCASTRO, Renata Queiroz de. A possibilidade de dolo eventual nos homicídios praticados na direção de veículos automotores. 2012. 49 f. Monografia (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.pt_BR
dc.description.abstractThis work first tried to define the eventual dolus and the conscious guilt, taking into account they are subjective elements used to define the punishment to drivers that cause traffic homicides. It stands out that the traffic security is a essential right specie of the one contained in Constitution of 1988. The life and the security are found as individual and collective rights in the Brazilian Traffic Code that was done under impact of “Citizen Constitution” of 1988. By means of legal writing and high courts‟ precedents analysis, there are divergence about the practical application of both institutes. There are some behaviors which can not always have presumption of will but normally characterize eventual dolus and subjecting the defendant to grand jury and worse punishment. Thus, it intends to evaluate the occurrence of traffic willful homicide, as there‟s no express legal forecast in the specific diploma. The study about this subject reveals its relevance given that presents suggestions to eliminate the different conceptions about the theme and consequently, the application of unfair punishment.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectTrânsitopt_BR
dc.subjectAcidentes de trânsitopt_BR
dc.subjectResponsabilidade em relação aos acidentes de trânsitopt_BR
dc.titleA possibilidade de dolo eventual nos homicídios praticados na direção de veículos automotorespt_BR
dc.typeMonographpt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste trabalho buscou, em primeiro lugar, delimitar as diferenças essenciais entre o dolo eventual e a culpa consciente. Esses são os elementos subjetivos utilizados para definir as penas para os motoristas que provocam homicídios no trânsito. Destaca-se a segurança no trânsito como um direito fundamental, espécie daquela que está prevista no rol de garantias do art. 5º da Constituição Federal. A vida e a segurança estão previstas como direitos individuais e coletivos no Código de Trânsito Brasileiro, o qual foi elaborado ainda sob o impacto da “Constituição Cidadã”, de 1988. Por meio da análise da doutrina e da jurisprudência dos Tribunais Superiores, verificou-se que há muitas divergências a respeito da aplicação prática de ambos os institutos. Há certas condutas que embora não possam sempre gerar presunção de vontade, normalmente evidenciam o dolo eventual, submetendo o réu a júri popular e a pena mais gravosa. Assim, fundamentalmente procurou-se avaliar a possibilidade de ocorrência de homicídio doloso no trânsito, já que não há tal previsão no diploma específico. O estudo desse tema revela sua importância na medida em que aponta sugestões para eliminar as diferentes posições sobre o tema e, consequentemente, a aplicação de penas injustas.pt_BR
Appears in Collections:DIREITO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tcc_rqcastro.pdf636,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.