Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27595
Title in Portuguese: Estudo das populações de linfócitos T, NK e NKT na lâmina própria no pico da inflamação da mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil em camundongos C57BL6/J
Title: Study of T, NK and NKT lymphocyte populations in the sheet at the peak of inflammation of 5-Fluorouracil-induced intestinal mucosite in C57BL6 /J
Author: Aquino, Cristhyane Costa de
Advisor(s): Oriá, Reinaldo Barreto
Keywords: Fluoruracila
Mucosite
Subpopulações de Linfócitos
Issue Date: 19-Feb-2016
Citation: AQUINO, C. C. Estudo das populações de linfócitos T, NK e NKT na lâmina própria no pico da inflamação da mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil em camundongos C57BL6/J. 2016. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: O câncer é uma doença que se origina através de alterações genômicas que ocorrem por defeito no processo sistemático de lesão celular e reparo. O 5-fluorouracil (5-FU) é um dos anti-neoplásicos mais utilizados no tratamento do câncer, exercendo múltiplos efeitos sobre o crescimento celular anormal. O tratamento com 5-FU afeta principalmente tecidos de proliferação rápida, causando mucosite, anorexia, náuseas, vômitos e diarreia. As células Natural Killer (NK), da imunidade inata, as células T, da imunidade adquirida, e as células T Natural Killer (NKT), que podem desempenhar ações imunomodulatórias e estão presentes principalmente na mucosa do intestino. O objetivo deste trabalho foi identificar e caracterizar as populações de linfócitos NK, T e NKT na lâmina própria de camundongos com mucosite intestinal induzida por 5-FU. Utilizamos camundongos machos com 19 a 25g, desafiados com injeção intraperitoneal de 5-FU (n=6) ou salina (n=6) (150mg/kg, dose única), sendo eutanasiados após 72h. Segmentos do intestino delgado foram coletados para processamento histológico e análise morfométrica e para ensaio da atividade da mieloperoxidase. Foi realizada também a extração de linfócitos da lâmina própria do intestino delgado dos animais para análise por citometria de fluxo e coletado sangue do plexo retroorbital para leucometria. Os animais foram pesados diariamente, antes da administração do 5-FU até o dia da eutanásia. O desafio com o 5-FU (150 mg/kg, dose única, via i.p) levou a perda de peso nos animais, redução da contagem de leucócitos, da altura dos vilos e da razão vilo/cripta em todos os segmentos do intestino delgado e aumentou a profundidade das criptas. Os dados da citometria de fluxo evidenciaram que os animais do grupo 5-FU tiveram uma redução da frequência de células NK (CD16+) e de células CD3+CD4+. Nesse mesmo grupo houve um aumento da frequência de células NKT (CD16+) e de células CD3+CD8+. A partir dos nossos achados, concluímos que a mucosite intestinal induzida pelo 5-FU afeta a frequência das diferentes populações de células T e NK na lâmina própria. São necessários estudos mais aprofundados sobre os mecanismos que levaram a essas alterações, levando em conta os efeitos imunoinflamatórios do 5-FU.
Abstract: Cancer is a disease that originates through genomic alterations that occur by defects in the systematic process of cell injury and repair. 5-fluorouracil (5-FU) is one of the most used anti-neoplastic drugs in the cancer treatment, exerting multiple effects on abnormal cell growth. 5-FU treatment affects rapidly proliferating tissues, causing mucositis, anorexia, nausea, vomiting and diarrhea. Natural Killer (NK) cells of the innate immunity, T cells of the acquired immunity, and Natural Killer T cells (NKT), which can play immunomodulatory activities, are present mainly in the intestinal mucosa. The aim of this study was to identify and characterize the populations of NK, T lymphocytes, and NKT cells in the lamina propria of C57BL6J mice challenged by 5-FU-induced intestinal mucositis. We have used male mice weighing 19 to 25g, challenged by intraperitoneal injection of 5FU (n=6) or saline (n=6) (150mg/kg, single dose) and euthanized after 72h. The small intestine segments were harvested for histological processing and morphometric analyses and for the myeloperoxidase activity assay. The extraction of the lamina propria lymphocytes from the overall small intestine was also conducted for flow cytometry analyses. Blood was drawn from the retroorbital plexus for leucocyte counting. Mice were weighed daily prior to 5-FU administration until the day of euthanasia. The 5-FU challenge (150 mg/kg, single dose, i.p.) led to weight loss, reduction of leucocyte counts at the time of villi and reason villus/crypt and increased crypt depth in all small intestinal segments. The flow cytometry data have shown that 5-FU-treated group had a reduction in the frequency of NK cells (CD16+) and CD3+ CD4+ cells. In the same group, an increased frequency of NKT cells (CD16+) and CD3+ CD8+ cells was found. Altogether our findings suggest that 5-FU-induced intestinal mucositis affects the frequency of different T and NK cells populations in the lamina propria. More in-depth studies are warranted to unfold the mechanisms that led to these changes, taking into account the immunoinflammatory effects of 5-FU.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27595
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_ccaquino.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.