Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26861
Title in Portuguese: Efeitos distributivos do salário mínimo no mercado de trabalho da região nordeste
Title: Distributive effects of minimum wage in the labor market of northeast region
Author: Vasconcelos, Joyciane Coelho
Araújo, Jair Andrade de
Keywords: Concentração dos rendimentos
Salário mínimo
Mercado de trabalho
Issue Date: 2016
Publisher: Revista de Economia Contemporânea
Citation: VASCONCELOS, Joyciane Coelho; ARAÚJO, Jair Andrade de. Efeitos distributivos do salário mínimo no mercado de trabalho da região nordeste. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p. 359-385, 2016.
Abstract in Portuguese: Este artigo investiga a contribuição do salário mínimo (SM) no processo de desconcentração dos rendimentos do mercado de trabalho da região Nordeste do Brasil no período 2002‑2012. Os microdados utilizados são oriundos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Utilizou‑se a metodologia de simulação proposta em DiNardo, Fortin e Lemieux (1996), que estimaram as funções densidade Kernel contrafactuais. As simulações foram realiza‑ das para pessoas do gênero feminino e masculino. Os resultados revelaram que, por meio das decomposições, o salário mínimo, o grau de formalização e os atributos pessoais ti‑ veram impactos desconcentradores naquele grupo de trabalhadores. Apenas para os homens, o efeito desconcentrador do salário mínimo é mais intenso na amostra quando comparado às mulheres. Em síntese, as simulações revelam a importância do salário mínimo na redução da dispersão dos rendimentos do trabalho no período estudado.
Abstract: This paper investigates the impact of the minimum wage (MW) on the distribution ofearnings in the labor market of the Northeast Region of Brazil in the 2002‑2012 period. The analysis was based on the simulation methodology proposed by DiNardo, Fortin and Lemieux (1996) that estimate counter factual Kernel density functions, and used the microdata provided by the National Sample Survey (PNAD) of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). Sample data covered a po‑ pulation of females and males. The results revealed that the minimum wage, the de‑ gree of formalization in labor relations, and the set of individual attributes had a posi‑ tive impact on the distribution of earnings among both female and male workers. However, for men, the de‑concentrating effect of the minimum wage is more intense compared to women. In summary, the results suggest that the minimum wage has been important to reduce the dispersion of labor income in recent years.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26861
ISSN: 1980-5527
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_art_jcvasconcelos.pdf882,37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.