Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26427
Title in Portuguese: A análise do trofismo muscular e da força muscular relativa no coração de ratas submetidas a duas modalidades esportivas.
Author: Souza, Mateus Bastos
Alves, Fernanda Lima
Sousa, Karla Camila Lima
Júnior, Francisco Fleury Uchoa Santos
Ceccatto, Vânia Marilande
Júnior, Francisco Fleury Uchoa Santos.
Keywords: Trofismo muscular
natação
corrida
Issue Date: 2016
Citation: SOUZA, M. B. ; ALVES, F. L; SOUSA, K.C. L; JÚNIOR, F. F. U. S; CECCATTO, V. M; JÚNIOR, F. F. U. S; (2016)
Abstract in Portuguese: Introdução: O treinamento físico induz a várias adaptações no que concerne ao aspecto fisiológico, sendo essas cardiovasculares, musculares, entre outras. Dentre essas alterações cardiovasculares, podemos citar a hipertrofia cardíaca, que ocorre em resposta à frequência, intensidade e duração do exercício. Objetivo: Analisar o Trofismo Muscular (TM) e Força Muscular Relativa (FMR) no coração de ratas submetidas a duas modalidades esportivas. Método: O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética para o Uso de Animais da UECE, nº 7007456/2015. Foram utilizadas 28 ratas, Wistar, massa corporal 200 ± 50g. Os animais foram distribuídos em três grupos experimentais (n=7): sedentário (GS), grupo natação (GN) e grupo corrida (GC). Os grupos foram submetidos a um período de adaptação ao treino de 3 dias e, em seguida, o GC realizou 4 semanas de corrida em esteira, com progressão e estabilização do tempo de exercício (incrementos de 5 minutos/dia, totalizando 30 minutos diários). Os animais do grupo GN realizaram o treino de natação por 4 semanas, com incremento de peso na cauda do animal referente a 8% da massa corpórea, com progressão do treino similar ao GC. Ao fim do experimento, os animais foram pesados e sacrificados por decapitação para dissecação das estruturas de interesse: coração e tíbia. O trofismo muscular foi calculado pela razão entre o peso úmido do músculo cardíaco (mg) e o peso corporal final (g) dos animais. A força muscular relativa foi delimitado pela razão entre o peso do músculo (mg) e o comprimento da tíbia (mm). Os dados foram analisados por ANOVA-ONE-WAY, com p<0,05 e pós-teste de Tukey. Resultados: Os valores do TM foram: GS (286,5 ± 7,315), GN (286,1 ± 11,94) e GC (278,2 ± 7,397); e da FMR: GS (0,02343 ± 0,0003358), GN (0,01730 ± 0,003787) e GC (0,02079 ± 0,001077). Conclusão: Pode-se inferir que os protocolos experimentais de GN e GC não foram suficientes
Description: SOUZA, Mateus Bastos; ALVES, Fernanda Lima; SOUSA, Karla Camila Lima; JÚNIOR Francisco Fleury Uchoa Santos; CECCATTO, Vânia Marilande; JÚNIOR, Francisco Fleury Uchoa Santos. A análise do trofismo muscular e da força muscular relativa no coração de ratas submetidas a duas modalidades esportivas. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Iniciação Científica, 35)
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26427
Appears in Collections:EIC - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_mbsouza.pdf52,48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.