Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26257
Título: [6] - Gingerol isolado do gengibre (zingiber officinale roscoe) modula as alterações renais causadas pela septicemia induzida em modelo animal
Autor(es): Candido, Pedro Mateus Sales de Oliveira
Rodrigues, Francisco Adelvane de Paulo
Silva, James Almada da
Rodrigues, Tamara Silva
Binda, Alexandre Havt
Palavras-chave: [6]-gingerol
Sepse
Nefroproteção
Data do documento: 2016
Editor: Universidade Federal do Ceará
Citação: CANDIDO, P. M. S. O; RODRIGUES, F. A. P; SILVA, J. A; RODRIGUES, T. S; BINDA, A. H. (2016)
Resumo: O presente estudo investigou os efeitos moduladores do composto [6]-gingerol isolados do Zingiber officinale Roscoe diante ao dano renal desencadeado pelo modelo polimicrobiano de sepse. Inicialmente, foi padronizado o modelo de lesão renal pela septicemia e seguidamente avaliado os grupos experimentais. Foram utilizados ratos Wistar, (180-210g) divididos em 4 grupos. Os grupos controles (Sham) foram induzidos à falsa cirurgia e subsequentemente tratados com tween-80 2%, ou com [6]-gingerol (25 mg/kg); grupos induzidos lesão renal através do processo cirúrgico cecal ligation and puncture (CLP) e tratados com tween-80 2% ou [6]-gingerol (25 mg/kg). Ao término de cada tratamento foram coletados plasma, urina e rins para as análises. Foram avaliados os parâmetros bioquímicos indicativos de função renal, função tubular, perfil oxidativo e atividade antioxidante. O modelo de dano renal por CLP foi caracterizado pelo aumento das unidades formadoras de colônias (UFC) no sangue e lavado peritoneal (P>0,05), associados à elevação de creatinina e ureia plasmática (P<0,05). Observou-se uma diminuição do clerance de creatinina (CLCR), (0,4±0,1 mL/min) e na atividade da glutationa reduzida (GSH), (1750±102,3μg/mg tec.). Entretanto, houve um aumento nos valores de ureia (62,1±2,1mg/dL), creatinina (0,75±0,05 mg/dl), da atividade da LDH (383,7±8u/L), da FENa (1,5±0,3%), FEK (23,54± 4,3%) de malondialdeído (MDA) urinário (3,5±0,5 nMol/g de creat.). O composto [6]-gingerol (25mg/kg) exibiu proteção diante a injuria renal. Evidenciou-se uma elevação do CLCR (1,2±0,2mL/min), melhora da atividade da GSH (2768±348,7 ug/mg tec.). Além de diminuição da (46,83±2,7mg/dL) e creatinina (0,4±0,03mg/dL), da atividade da LDH (212,7±30,8mg/dL), da FENa (0,6±0,1%), FEK (23,5±4,3%), dos níveis de MDA urinário (1,463±0,3 nMol/g de creat.). Esses achados sugerem que o [6]-gingerol tem ação nefroprotetora diante a disfunção e o estresse oxidativo renal decorrente da sepse polimicrobiana.
Descrição: CANDIDO, Pedro Mateus Sales de Oliveira;RODRIGUES, Francisco Adelvane de Paulo;SILVA, James Almada da; RODRIGUES, Tamara Silva;BINDA, Alexandre Havt. [6] - Gingerol isolado do gengibre (zingiber officinale roscoe) modula as alterações renais causadas pela septicemia induzida em modelo animal. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Iniciação Científica, 35)
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26257
Aparece nas coleções:EIC - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_resumo_eve_pmsdeoecandido.pdf52,93 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.