Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26232
Title in Portuguese: A noção de cultura em Bravo!: análise crítica dos padrões gráfico e editorial da revista em dois de seus momentos
Author: Cavalcanti, Anna de Carvalho
Advisor(s): Lucas, Ricardo Jorge de Lucena
Keywords: Jornalismo cultural
Jornalismo de revista
Bravo!
Cultura
Issue Date: 2013
Citation: Cavalcanti, A. C.; Lucas, R. J. L. (2013)
Abstract in Portuguese: Tendo em vista as múltiplas concepções de cultura que vêm surgindo desde o século XIX, o jornalismo cultural, como forma de expressão crítica, tornou-se espaço para a interpretação do meio em que vivemos e dos produtos que consumimos. Da década de 1950 aos dias de hoje, as temáticas desse gênero foram se renovando e se adaptando à modernidade; contudo, por sua própria natureza jornalística, percebeu-se uma dicotomia paradoxal em seu meio de produção e nos temas pautados: corresponder às exigências jornalísticas e, simultaneamente, atender as exigências de seu tema – a cultura, vista da maneira mais abrangente possível. Compreende-se por paradoxal essa circunstância pela dificuldade de se servir a demandas antagônicas, ou seja, por exemplo, escrever sobre temas culturais com profundidade dentro do curto prazo que é geralmente ofertado nas redações. Nos últimos tempos, por conta dessa necessidade de suprir as exigências do fazer jornalístico, tem-se percebido uma crise nos veículos de jornalismo cultural devido ao fato de estarem sendo pautados temas mais relativos ao entretenimento do que à “alta cultura”. Procurando atender a demanda da cultura de massa, do leitor chamado “mediano”, os cadernos e revistas de cultura passaram a abordar mais produções artísticas de maior apelo comercial ou midiático em detrimento à reflexão e à discussão da cultura vigente. Nesta monografia, analisamos a confluência de conceituações da cultura que, junto a outros fatores, gerou uma crise no jornalismo cultural contemporâneo pelas divergências em relação à sua real função social. A revista Bravo!, veículo da editora Abril, e algumas de suas edições serão tomadas como objeto, onde iremos analisar qual a proposta editorial inicial da publicação e como ela foi sendo modificada após a saída da revista de uma editora menor, a D'Avila, para a sua atual editora, a Abril. A partir daí, analisaremos como o conceito de cultura foi abordado pela publicação nos diferentes momentos.
Description: CAVALCANTI, Anna de Carvalho.  A noção de cultura em Bravo!: análise crítica dos padrões gráfico e editorial da revista em dois de seus momentos. 2013. 95f. TCC (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Curso de Comunicação Social, Habilitação em Jornalismo, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26232
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:JORNALISMO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tcc_accavalcanti.pdf1,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.