Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25998
Título: Taxa de câmbio e exportações líquidas: Uma análise para os Estados Brasileiros
Autor(es): Nascimento, Gabriel Martins do
Orientador(es): Arruda, Elano Ferreira
Palavras-chave: Condição de Marshall-Lerner
Curva J
Exportações Líquidas
PDOLS
PVAR
Data do documento: 2017
Citação: NASCIMENTO, Gabriel Martins do. Taxa de Câmbio e Exportações Líquidas: Uma Análise para os Estados Brasileiros / Gabriel Martins do Nascimento. – 2017. 41 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Economia, Fortaleza, 2017.
Resumo: O estudo analisa os impactos de curto e de longo prazo das desvalorizações cambiais sobre as exportações líquidas totais, de básicos e de industrializados para um painel de estados brasileiros a partir da aplicação de modelos Panel Vector Autoregression (PVAR), para testar a ocorrência do fenômeno da curva J, e do Panel Dynamic Ordinary Least Squares (PDOLS), para investigar a validade da condição de Marshall-Lerner. Em todos os modelos considerados, a reposta das exportações líquidas dos estados brasileiros a uma depreciação cambial se mostra positiva, validando, portanto, a condição de Marshall-Lerner. Essa resposta é maior para os bens básicos. Como previsto pela teoria, a renda doméstica apresenta impacto negativo e estatisticamente robusto sobre o saldo comercial, enquanto que a renda externa apresenta repercussão positiva. Os resultados indicam a ocorrência da curva J para os totais e industrializados.
Abstract: This paper analyses the short and long run effects of exchange rate devaluation on the net exports, in the total balance, as well as in the balances of basics and industrial goods for a panel of Brazilian states, making use of Panel Vector Autoregression (PVAR) models and Panel Dynamic Ordinary Least Squares (PDOLS) estimators. The first technique is used to investigate the existence of the J curve phenomenon, and the latter, the validity of Marshall-Lerner condition. In all cases, the response of the net exports from that states after an exchange rate devaluation is shown to be positive, thus confirming the Marshall-Lerner condition. This response is greater for trade balance of basic goods. As described by the theoretical model, domestic income presents a negative and statistically robust impact in all net exports considered, while foreign income presents a positive effect. The results still show evidence of the J curve for the total and industrialized goods.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25998
Tipo: Dissertação
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_gmnascimento.pdf770,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.