Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/25935
Title in Portuguese: Decomposição de resíduos orgânicos e liberação de nutrientes sobre o solo
Title: Organic waste decomposition and release nutrients on the soil.
Author: Oliveira, Lucas de Sousa
Advisor(s): Costa, Mirian Cristina Gomes
Keywords: Adubação orgânica
Fertilidade do solo
Aproveitamento de resíduos
Issue Date: 2017
Citation: OLIVEIRA, L. S. (2017)
Abstract in Portuguese: Para recuperar solos degradados, uma prática promissora é a adição de resíduos orgânicos que trazem benefícios aos atributos físicos, químicos e biológicos do solo. É importante que seja conhecida a composição desses resíduos, bem como seu potencial de liberação de nutrientes ao solo. Este estudo foi feito partindo das hipóteses de que os resíduos avaliados apresentam teores de nutrientes que lhes conferem potencial de uso como adubos orgânicos e que aqueles que apresentam baixas relações C/N, C/P e C/S são degradados e liberam nutrientes ao solo mais rapidamente do que os resíduos com altos valores dessas relações. Objetivou-se caracterizar os compostos orgânicos e avaliar sua decomposição após a disposição sob a superfície do solo, bem como analisar o solo quanto os atributos químicos de fertilidade após a retirada dos resíduos orgânicos ao final do experimento. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados (DBC), com parcelas subdivididas e quatro repetições. Nas parcelas principais foram avaliados os cinco resíduos orgânicos: T1- Resíduo da carcinicultura; T2- Bagana de carnaúba; T3- Resíduo da agroindústria aviária; T4- Composto orgânico produzido com resíduos de pequenos ruminantes e T5- Resíduo da agroindústria processadora de goiabas. Nas subparcelas foram avaliadas seis épocas de coleta: 15, 30, 45, 60, 75 e 90 dias. Os dados de perda de massa e liberação de nutrientes pelos resíduos orgânicos foram submetidos à análise de variância (ANAVA) e as médias dos tratamentos foram comparadas por meio do teste de Tukey a 5% de probabilidade. A liberação de nutrientes dos resíduos ao longo das épocas de coletas foi ajustada por meio de modelos de regressão. Os modelos ajustados das equações de regressão foram escolhidos com base na significância dos coeficientes das equações e dos coeficientes de determinação. A partir dos resultados da caracterização química dos resíduos orgânicos ficou evidente a capacidade dos mesmos em contribuir com a nutrição de plantas e recuperação da fertilidade de solos degradados, além de não apresentar possíveis elementos químicos contaminantes do solo. Os resíduos apresentaram baixos valores das relações C/N, C/P e C/S, o que favorece a mineralização; porém, pelas características de cada material verificaram-se diferentes padrões de liberação dos nutrientes. O uso de resíduos orgânicos apresenta grande potencial para recuperação da fertilidade de solos em regiões semiáridas.
Abstract: To recover degraded soils, a promising practice is the addition of organic waste that brings the benefits to the physical, chemical and biological attributes of the soil. It is important to know that the composition of these residues, as well as its potential of release nutrients to the soil. Starting from these hypotheses that the evaluated residues present nutrient contents that they confer potentials of use as organic fertilizers; the organic residues don’t present chemical elements that cause preoccupation with possible contaminants of the soil and that those who have low relations of C/N, C/P and C/N are degraded and release nutrients to the soil faster than the residues with high values of these relations. The aim was to characterize the organic compounds and to evaluate its decomposition after the disposition under the surface of the soil, as well as to analyze the soil as the chemical attributes of fertility after the withdrawal of the organic residues at the end of the experiment. The experimental design was a randomized blocks (DBC), with subdivided plots and four replications. In the main plots the five organic residues: T1- Residue of shrimp farming; T2- Carnauba bagana; T3- Residue of the avian agribusiness; T4- Organic compound produced with residues of small ruminants and T5- Residue of the agribusiness processing of guavas. In the subplots, six collect epochs were evaluated: 15, 30, 45, 60, 75 and 90 days. The data of mass loss and nutrient release by the organic residues were submitted to analysis of variance (ANOVA) and the averages of the treatments were compared by means of the Tukey test at 5% of probability. The release of nutrients from the residues along the collect epochs was adjusted by the means of the regression models. The adjusted models of the regression equations were chosen based on the significance of the coefficients of the equations and the determination coefficients. From the results of the chemical characterization of the organic residues it was stayed evident the ability of the same ones to contribute to the nutrition of plants and recovery the fertility of the degraded soils, beyond not present possible contaminants chemical elements of the soil. The residues present low values of the relations C/N, C/P and C/S, which favors the mineralization, however, they were verified by the characteristics of each material different patterns of nutrient release. The use of organic residues presents great potential for soil fertility recovery in semiarid regions.
Description: OLIVEIRA, Lucas de Sousa. Decomposição de resíduos orgânicos e liberação de nutrientes sobre o solo. 2017. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do solo)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPCS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_lsoliveira.pdf1,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.