Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24849
Title in Portuguese: Relações de poder em sala de aula de língua portuguesa de Estágio Supervisionado
Other Titles: Les relations de pouvoir dans des sales de classes de stagiaires de langue portugaise
Author: Barros, Marina Kataoka
Advisor(s): Leurquin, Eulália Vera Lúcia Fraga
Keywords: Ambiente de Sala de Aula – Fortaleza (CE)
Língua Portuguesa – Estudo E Ensino – Fortaleza (CE)
Prática de Ensino
Stage supervisé
Relations de pouvoir
Issue Date: 2009
Citation: Barros, M. K.; Leurquin, E. V. L. F. (2009)
Abstract in Portuguese: Baseada, principalmente, na teoria da Análise Crítica do Discurso, nossa pesquisa tem como objetivo analisar como acontecem as relações de poder, a partir do texto formado na interação entre professor-estagiário x alunos, em sala de aula de língua portuguesa de estágio supervisionado. Para isso, utilizamos um corpus composto por 10 aulas, de 50 minutos, ministradas por futuros professores, ou seja, por alunos da disciplina Estágio supervisionado de língua portuguesa, do curso de Letras da Universidade Federal do Ceará, no período de 2007.2. A coleta dos dados aconteceu em escolas da rede pública de ensino de Fortaleza. Consideramos que cada aula se trata de um evento discursivo (Fairclough, 2001) e, para analisá-lo, utilizamos as seguintes categorias: (1) a hegemonia (MAGALHÃES, C., 2001); (2) a distribuição dos papéis dos atores sociais (VAN LEEUWEN, 1997) e (3) as modalizações (BRONCKART, 1999). A hegemonia refere-se a um foco de luta constante entre as classes, com o intuito de sustentar ou quebrar alianças e relações de dominação (MAGALHÃES, C., 2001). Os papéis sociais são atribuições dadas aos atores sociais que se relacionam com as representações (VAN LEEUWEM, 1997). E, finalmente, as modalizações contribuem para o estabelecimento da coerência interativa do texto e orientam o destinatário na interpretação do conteúdo temático (BRONCKART, 1999). Além disso, segundo suas funções, podemos classificá-las em: lógicas, deônticas, apreciativas e pragmáticas (BRONCKART, 1999). Assim, ressaltamos que nosso foco é o estudo das relações de poder existentes no texto produzido a partir da interação/comunicação em sala de aula de língua portuguesa, pois acreditamos que esse é construído a cada aula diante dos diferentes posicionamentos adotados pelos enunciadores.
Description: BARROS, Marina Kataoka. Relações de poder em sala de aula de língua portuguesa de Estágio Supervisionado. 2009. 127f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguistica, Fortaleza (CE), 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24849
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_dis_mkbarros.pdf6,49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.