Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24660
Title in Portuguese: O coreógrafo e a coreografia: derivas artístico-pedagógicas a partir das proposições de William Forsythe
Title: The choreographer and the choreography: artistic-pedagogical drifts from the propositions of William Forsythe
Author: Almeida, Paulo Sérgio Caldas de
Advisor(s): Costa, Sylvio de Sousa Gadelha
Keywords: Dança contemporânea
Educação pelo movimento
Dança Moderna
Contemporary dance
Education
Issue Date: 2017
Citation: Almeida, P. S. C.; Costa, S. S. G. (2017)
Abstract in Portuguese: A presente tese objetiva investigar os modos emergentes do fazer coreográfico e suas implicações artístico-pedagógicas. A palavra coreografia recobre, hoje, proposições que podem versar sobre os mais minuciosos e específicos detalhes do gesto de um corpo ou, inversamente, sobre as mais abertas e genéricas instruções de ação de múltiplos corpos; a coreografia escapa de sua vinculação à dança para nomear configurações de movimento as mais diversas, por vezes sequer ligadas a um fazer humano; deixa de implicar uma autoria única e nomeável para, eventualmente, dissolver-se num fazer coletivo; enfim, parece reclamar por novas compreensões. Aqui tratamos portanto de uma pedagogia da dança que se complexifica a partir de um contexto no qual os modelos de processo criativo e os modos de mover se multiplicam. Em tal contexto, o criar e o performar convergem e qualquer corporeidade só pode ser pensada a partir do projeto estético a que se vincula. Para nossa investigação, tomamos como base as proposições coreográficas de William Forsythe, artista que – além de atuar em diferentes instâncias de criação (composições cênicas, videográficas, instalativas e expositivas) e multiplicar práticas colaborativas – desenvolveu os projetos em mídia digital Improvisation technologies: a tool for the analytical dance eye e Synchronous objects for One Flat Thing, reproduced, ambos de declarado cunho pedagógico e que são utilizados correntemente em vários contextos formativos no mundo. A abordagem de William Forsythe – principalmente quanto ao corpo balético – emerge mesmo como um poderoso referencial para o estabelecimento de processos artísticos e pedagógicos de autonomização e invenção; a concepção de coreografia como proposição abre espaço para a experimentação de alteridades e para a emergência de novas corporeidades.
Description: ALMEIDA, Paulo Sérgio Caldas de. O coreógrafo e a coreografia: derivas artístico-pedagógicas a partir das proposições de William Forsythe. 2017. 255f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24660
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tese_pscalmeida.pdf3,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.