Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24538
Title in Portuguese: Vida e morte do Hotel Esplanada, de Paulo Casé, em Fortaleza
Title: Life and death of Hotel Esplanada, by Paulo Casé, in Fortaleza (Ceará-Brazil)
Author: Paiva, Ricardo Alexandre
Diógenes, Beatriz Helena Nogueira
Keywords: Arquitetura Moderna
Patrimônio Moderno
Turismo
Hotel Esplanada
Issue Date: 2017
Citation: PAIVA, R. A.; DIOGENES, B. H. Vida e Morte do Hotel Esplanada em Fortaleza. In: DOCOMOMO N/NE - Arquitetura. Tectônica. Lugar, 6., 2016, Teresina. Anais...Teresina: DOCOMOMO N/NE, 2016.
Abstract in Portuguese: Em fins de 2014 estava anunciado o fim do Hotel Esplanada em Fortaleza em consequência da aquisição do edifício pelo empresário Ivens Dias Branco para construção, em seu lugar, de um empreendimento imobiliário ímpar na Av. Beira Mar. Sua demolição se deu por fases, representando uma “morte” lenta, que foi pouco a pouco apagando os vestígios de um ícone da arquitetura hoteleira moderna em Fortaleza. O Hotel Esplanada, de 1978 – projeto do arquiteto Paulo Casé - nasceu na orla de Fortaleza como o edifício mais alto da Av. Beira-Mar e o primeiro hotel cinco estrelas da cidade. As características modernas do edifício expressavam a sua importância como signo da modernização, anunciando o processo de verticalização da orla e o início do desenvolvimento da atividade turística e hoteleira. Neste contexto, o artigo tem como objetivo investigar o “lugar” do Hotel Esplanada face às dinâmicas socioespaciais relacionadas à atividade turística e imobiliária em Fortaleza, enfatizando seus valores arquitetônicos e denunciando a vulnerabilidade do patrimônio moderno. A relevância do trabalho se justifica pela necessidade de se discutir a relação entre o turismo e a arquitetura moderna, resgatando o papel e o legado de importantes hotéis na modernidade, questionando aspectos ligados à sua conservação e preservação na contemporaneidade.
Abstract: At the end of 2014 it was announced the end of the “Hotel Esplanada” in Fortaleza (Ceará-Brazil) as a result of the acquisition of the building by Ivens Dias Branco businessman to build, in its place, a unique real estate development in Beira Mar Avenue. The demolition occurred in stages, representing a slow “death”, which was gradually fading away an icon of modern architecture hotel in Fortaleza. “Hotel Esplanada”, 1978 - design by architect Paul Casé from Rio - was born in Fortaleza’s seafront as the tallest building of Beira-Mar and the first luxury hotel in town. In this context, this paper aims to investigate the role of “Hotel Esplanada” in the face of socio-spatial dynamics related to tourism and real estate in Fortaleza, from its construction to its demolition, emphasizing its architectural values and exposing the vulnerability of the modern built heritage in relation to contemporary urban dynamics. The relevance of the work is justified by the need to discuss the relationship between tourism and modern architecture, rescuing the role and legacy of important examples of hotel typology in modernity and raising questions about aspects of conservation, permanence and preservation nowadays.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24538
metadata.dc.type: Artigo de Evento
Appears in Collections:DAU - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_eve_rapaiva.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.