Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24061
Título: Análise do tamanho e capacidade antioxidante da lipoproteína HDL em indivíduos com normo ou hipoalfalipoproteinemia
Título em inglês: Analysis of antioxidant size and capacity of HDL lipoprotein in subjects with normal or hypoalphalipoproteinemia
Autor(es): Meneses, Richard Rarison Cavalcante
Orientador(es): Queiroz, Maria Goretti Rodrigues de
Palavras-chave: Lipoproteínas HDL2
Antioxidantes
Hipoalfalipoproteinemias
Data do documento: 16-Fev-2017
Citação: MENESES, R. R. C. Análise do tamanho e capacidade antioxidante da lipoproteína HDL em indivíduos com normo ou hipoalfalipoproteinemia. 2017. 61 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Resumo: A redução da concentração de colesterol-HDL (hipoalfalipoproteinemia) é um fator de risco cardiovascular independente, porém, recentes evidências mostram que o tamanho e a funcionalidade da HDL são importantes fatores para entender o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Além disso, a modificação do metabolismo dos triglicerídeos (TG) está geralmente associada ao baixo c-HDL, embora o impacto desse lipídeo sobre outros componentes do HDL não esteja claro. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar o tamanho e a capacidade antioxidante da HDL em indivíduos com normo ou hipoalfalipoproteinemia. A partir de 130 indivíduos, 4 grupos foram compostos de acordo com os níveis de c-HDL e TG: baixo c-HDL (<40 mg/dL) e baixo TG (<150 mg/dL) (G1), baixo c-HDL e TG elevado (> 200 mg/dL) (G2), c-HDL elevado (> 60 mg/dL) e baixo TG (G3) e c-HDL elevado e TG elevado (G4). As análises de glicose, perfil lipídico, tamanho de HDL e capacidade antioxidante de HDL foram realizadas por métodos padronizados e validados. A composição antropométrica e corporal dos indivíduos também foi avaliada. Os resultados mostraram que os grupos G1 (21%) e G2 (20%) apresentaram maior porcentagem de HDLs pequenas do que o G3 (10%; p = 0,002). Este perfil exerceu um impacto negativo na relação HDL grandes / HDL pequenas (G1 = 0,7, G2 = 0,4, G3 = 2,2, G4 = 1,0, p <0,001). A hipertrigliceridemia isolada mostrou efeito negativo nessa proporção (G1 = G2 = G4 mas <G3), mas não no HDL pequeno (G3; p = 0,002). O IMC (r = -0,444; p <0,001) e CC (r = -0,281; p = 0,017) apresentaram correlação negativa com HDL grandes. A capacidade antioxidante de HDL em G1 (80min) e G2 (77min) foi menor que o controle (G3 = 86min). Surpreendentemente, em indivíduos com HDL alto a presença de hipertrigliceridemia foi capaz de reduzir a capacidade antioxidante de HDL. Em conclusão, indivíduos com valores elevados de IMC e CC apresentam tamanho reduzido de partículas de HDL e a hipertrigliceridemia mostrou que promove papel negativo no tamanho, assim como a hipoalfalipoproteinemia, e na capacidade antioxidante da HDL.
Abstract: Reduced HDL-cholesterol is an independent cardiovascular risk factor, however, recent evidences show that size and functionality of HDL involves other characteristics of this lipoprotein. Furthermore, disturbed triglycerides (TG) metabolism are generally linked with low HDL-cholesterol, although the impact of this lipid on other components of HDL is not clear. So, the goal of this study was investigate the impact of TG levels on size and antioxidant capacity of HDL. From 130 subjects, 4 groups were composed according levels of HDL-c and TG: low HDL-c (<40 mg/dL) and low TG (<150 mg/dL) (G1), low HDL-c and high TG (>200 mg/dL) (G2), high HDL-c (>60 mg/dL) and low TG (G3) and high HDL-c and high TG (G4). Analyses of glucose, lipid profile, size of HDL and antioxidant capacity of HDL were performed by standard and validated methods. Anthropometric and body composition was evaluated. Results showed that, G1 (21%) and G2 (20%) groups showed increased smallest HDL than G3 group (10%; p=0.002), although of the similar LDL-c and total cholesterol. This profile exerted a negative impact in large HDL/small HDL ratio (G1=0.7; G2=0.4; G3=2.2; G4=1,0; p<0.001). Isolate hypertriglyceridemia showed negative effect on this ratio (G1=G2=G4 but <G3), but not in small HDL (G3; p=0.002). BMI (r=-0.444; p<0.001) and WC (r=-0.281; p=0.017) showed negative correlation with large HDL. Antioxidant capacity of HDL in G1 (80min) and G2 (77min) was lower than control (G3=86min). Surprisly, in subjects with high HDL the presence of hypertriglyceridemia was able to reduce antioxidant capacity of HDL. In conclusion, individuals with high BMI and WC values showed reduced size of HDL particles and the hypertriglyceridemia promote negative role in zise and antioxidant capacity of individuals independent of cholesterol present in HDL.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/24061
Aparece nas coleções:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_rrcmeneses.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.