Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23798
Title in Portuguese: As histórias em quadrinhos no incentivo à leitura nas crianças: a realidade em algumas escolas de Fortaleza
Author: Catunda, Márcia Antônia Dias
Keywords: Histórias em quadrinhos
Professores
Crianças
Comics
Issue Date: 2013
Publisher: Revista Entrepalavras
Citation: Catunda, M. A. D. (2013)
Abstract in Portuguese: Este artigo busca mostrar como e por que as histórias em quadrinhos (HQs) constituem uma boa maneira de fazer as crianças se interessarem pela leitura. Muitas vezes vistas com preconceito ou apenas como uma forma de entretenimento, essas revistas possuem muito mais qualidades do que se imagina. As revistas em quadrinhos também ajudam a explorar os recursos didático-pedagógicos em sala de aula, que atualmente são pouco explorados pelos professores. De acordo com Santos (2001), a história em Quadrinhos, ao falar diretamente ao imaginário da criança, preenche suas expectativas e a prepara para a leitura de outras obras. A experiência de folhear as páginas de uma revista de quadrinhos pode gerar e perpetuar o gosto pelo livro impresso, independente de seu conteúdo. A pesquisa foi realizada em 3 escolas de Fortaleza, onde foram ouvidos alunos, professores e coordenadores pedagógicos. Nesse levantamento feito em três escolas de Fortaleza, todas usam as HQs como material didático para auxiliar na alfabetização das crianças e afirmaram que a ferramenta traz bons resultados, pois fazem com que as crianças aprendam se divertindo e incentivam a leitura, trazendo facilidades para que as crianças busquem também outras formas de leitura. Também foram analisados a estrutura e as condições das salas onde as crianças desenvolvem os trabalhos com quadrinhos, seja leitura, escrita ou produção de desenhos. Com isso busca-se avaliar se essas condições são adequadas e colaboram com o incentivo à leitura. Em todas as escolas, a revista em quadrinhos mais usada é a da Turma da Mônica.
Abstract: This article seeks to show how and why that comic books are a good way to make children become interested in the reading. Often viewed with prejudice or only as a form of entertainment, these journals have much more qualities than imagined. The comics also help to exploit the resources didactic-pedagogical in the classroom, that are currently little explored by teachers. According to Santos (2001) the history in comics, to speak directly to the imagination of the child, meets their expectations and prepares it for the reading of other works. The experience of leafing through the pages of a magazine of comics can generate and perpetuate the taste by the printed book, independent of its content. The research was conducted in three schools in Fortaleza, where they were heard students, teachers and educational coordinators. In that survey done at three schools in Fortaleza, all use the DC comic books as didactic material to assist in literacy of children and said that the tool brings good results, because they help children learn having fun and encourage reading, bringing facilities so that the children seek also to other ways of reading. Were also analyzed the structure and the conditions of the rooms where children develop the work with comics, reading, writing or producing drawings. With this search is to evaluate if these conditions are suitable and collaborate with the incentive to reading. In all the schools, the magazine comics more used and of the class of Monica.
Description: CATUNDA, Márcia Antônia Dias. As histórias em quadrinhos no incentivo à leitura nas crianças: a realidade em algumas escolas de Fortaleza. Revista Entrepalavras, Fortaleza, ano 3, v. 3, n. 1, p. 348-357, jan./jul. 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23798
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2237-6321 (online)
Appears in Collections:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_art_madcatunda.pdf130,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.