Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23405
Title in Portuguese: As apropriações da literatura antissemita no romance As Minas de Prata, de José de Alencar: o povo judeu no processo identitário da nação
Author: Sanches, Rafaela Mendes Mano
Keywords: José de Alencar
Manifestações artísticas
Literatura antissemita
Recepção
Issue Date: 2016
Publisher: Revista Entrelaces
Citation: Sanches, R. M. M. (2016)
Abstract in Portuguese: Este artigo analisa as representações do povo judeu no romance As Minas de Prata, de José de Alencar, a partir da imagem histórica dos hebreus como povo marginal e apátrida,desafiante aos ideais identitários. A produção da obra alencariana entre os anos de 1862 e 1865 está em processo dialógico com o que outras manifestações artísticas e literárias e, principalmente, a circulação e recepção do romance-folhetim O Judeu Errante, de Eugéne Sue, na imprensa fluminense, levantam sobre os aspectos tipificantes dos israelistas. As formulações dos judeus na relação dialética entre nacional e internacional repensam a composição de seus estereótipos, construídos no cerne do mito cristão, e redimensionam o mito do complô desse povo. Sensível a sua época, José de Alencar reapropria-se da literatura antissemita, em repercussão, e ficcionalizao judeu como personagem conspirador e traidor, problematizando a participação dos israelitas no processo civilizatório.
Abstract: This study analyzes the representations of the Jewish people in the novel As Minas de Prata (The Silver Mines), by José de Alencar, from the historical image of the Jews as marginal people and stateless, challenging the identity ideals. Alencar's work between 1862 and 1865 establishes a dialogical process with what other literary manifestations and especially the circulation and reception of the feuilletonistic novel O Judeu Errante(The Wandering Jew) present as typifying aspects of the Israelites. The formulations of Jews within the national-international dialectic rethink the composition of their stereotypes, built on the core of the Christian myth, and resize the myth of the conspiracy of such people. Sensitive to his time, José de Alencar reappropriates anti-Semitic literature and fictionalizes the Jew as a conspirator and traitor character, questioning the participation of Israelin the civilizing process.
Description: SANCHES, Rafaela Mendes Mano. As apropriações da literatura antissemita no romance As Minas de Prata, de José de Alencar: o povo judeu no processo identitário da nação. Revista Entrelaces, Fortaleza, ano 6, n. 7, p. 8-30, jan./jun. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23405
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1980-4571 (online)
Appears in Collections:PPGLE - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_art_rmmsanches.pdf566,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.