Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23250
Título: Os 500 anos da obra Utopia e acumulação primitiva de capital:convergências ontológicas entre um santo católico e o fundador do socialismo científico
Título em inglês: The 500 yars of utopia and primitive accumulation of capital: ontological convergences between a catholic saint and the founder of scientific socialism
Autor(es): Costa, Frederico Jorge Ferreira
Queiroz, Fábio
Lima, Maria do Socorro
Pereira, Karla Raphaella Costa
Palavras-chave: Utopia
Acumulação primitiva de capital
Convergências ontológicas
Data do documento: 2016
Editor: Revista Eletrônica Arma da Crítica
Citação: Costa, F. J. F.; Queiroz, F.; Lima, M. S.; Pereira, K. R. C. (2016)
Resumo: A tese do presente texto é a convergência entre as denúncias de Thomas More e a descoberta da lógica do capitalismo por Karl Marx, em especial o movimento de acumulação primitiva de capital. O texto encontra-se dividido em quatro momentos. Primeiramente, apresentamos um breve esboço biográfico de Thomas More. Em segundo lugar, situamos diversas dimensões do utopismo e apresentamos, brevemente, a estrutura básica da obra. Num terceiro momento, indicamos as convergências entre More e Marx quanto aos primórdios do capitalismo na Europa. Por fim, concluímos indicando o vigor da intuição moreana e da cientificidade marxiana como elementos convergentes para a superação do capitalismo e a constituição de uma emancipação humana baseada numa sociabilidade de produtores associados.
Abstract: The thesis of this text is the convergence between the denunciations of Thomas More and the discovery of the logic of capitalism by Karl Marx, especially the movement of primitive accumulation of capital. The text is divided in four moments. First, we present a brief biographical sketch of Thomas More. Secondly, we situate various dimensions of utopianism and briefly present the basic structure More’s work. In a third moment, we indicate the convergences between More and Marx as to the beginnings of capitalism in Europe. Finally, we conclude by stating the strength of t Morean intuition and Marxian scientificity as converging elements for the overcoming of capitalism and the constitution of a human emancipation based on a sociability of associated producers. The thesis of this text is the convergence between the denunciations of Thomas More and the discovery of the logic of capitalism by Karl Marx, especially the movement of primitive accumulation of capital. For this we divide the text in four moments. First we present a brief biographical sketch of Thomas More. Secondly, we situate various dimensions of utopianism and briefly present the basic structure of the work. In a third moment we indicate the convergences between More and Marx as to the beginnings of capitalism in Europe. Finally, we conclude by stating the strength of the Morean intuition and Marxian scientificity as converging elements for overcoming capitalism and the constitution of a human emancipation based on a sociability of associated producers.
Descrição: COSTA, Frederico Jorge Ferreira; QUEIROZ, Fábio; LIMA, Maria do Socorro; PEREIRA, Karla Raphaella Costa. Os 500 anos da obra Utopia e acumulação primitiva de capital:convergências ontológicas entre um santo católico e o fundador do socialismo científico. Revista Eletrônica Arma da Crítica, Fortaleza, n. 7, p. 165-184, dez. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23250
ISSN: 1984-4735
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_art_fjfcostafqueiroz.pdf521,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.