Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23055
Title in Portuguese: Evolução, perfil e sensibilidade do mercado de trabalho em segurança privada no Nordeste no período de 2007 a 2012
Author: Santos, Alan Vasconcelos
Advisor(s): Castelar, Luiz Ivan de Melo
Keywords: Criminalidade
Economia do crime
Segurança privada
Issue Date: 2016
Citation: SANTOS, Alan Vasconcelos. Evolução, perfil e sensibilidade do mercado de trabalho em segurança privada no Nordeste no período de 2007 a 2012 / Alan Vasconcelos Santos. 169f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: A presente pesquisa propõe avaliar a evolução, perfil, correlação e sensibilidade do mercado de trabalho em segurança privada em relação à percepção de violência sentida pelos agentes econômicos na região Nordeste. Esse mercado tem crescido de forma eloquente nos últimos anos, ganhando importância econômica não somente nos principais centros urbanos, mas também em cidades de menores portes. Acredita-se que tal performance esteja associada ao aumento da criminalidade e da sensação de insegurança percebida pelos cidadãos, em que pese os crescentes investimentos na área de segurança pública realizado pelos governos estaduais. O estudo toma como referência o período de 2007 a 2012, e busca inicialmente investigar o desempenho desse setor econômico ao se debruçar sobre o perfil socioeconômico das pessoas que participaram dessa atividade. Para a consecução desse objetivo, faz-se uso de ferramentas estatísticas descritivas, as quais permitem desvendar os detalhes desse mercado na região nordestina. A verificação da correlação entre o nível de emprego desse setor e dos indicadores de criminalidades, particularmente os homicídios e a taxa de homicídios, também se constitui em uma das finalidades do trabalho, no qual foi possível detectar uma forte relação linear entre o comportamento desse mercado com os indicadores de violência. Em especial, para os estados nordestinos constatou-se uma intensa associação entre emprego formal e homicídios, e uma menor magnitude de correlação, embora ainda significante para a maioria dos estados, quando se avaliou a criminalidade pela variável taxa de homicídios. Além disso, por meio da aplicação de modelos (não lineares) de regressão para dados de contagem, pôde-se estimar as elasticidades emprego-homicídio para as regiões do país, sendo dada atenção especial ao Nordeste. Dos critérios e testes utilizados, verificou-se a superioridade do modelo Binomial Negativo frente ao de Poisson, e das estimativas obtidas (elasticidades) ficou evidente que o mercado de segurança privada apresentou uma relação com os homicídios, tornando-se mais forte ao restringir a análise para os municípios que integram regiões metropolitanas e que possuem penitenciárias estaduais. As elasticidades pontuais estimadas nessas duas situações apresentaram valores superiores aos demais casos.
Abstract: This research proposes to evaluate the evolution, profile, correlation and sensitivity of private security in the labor market in relation to the perception of violence experienced by economic agents in the Northeast. This market has grown eloquently in recent years, gaining economic importance not only in major urban centers, but also in cities of smaller sizes. It is believed that such performance is associated with increased crime and sense of insecurity perceived by citizens, despite increasing investments in public safety conducted by state governments. The study takes as reference the period 2007-2012, and search initially investigate the performance of this economic sector to look into the socio-economic profile of the people who participated in this activity. To achieve this goal, it is the use of descriptive statistics tools, which allow unravel the details of this market in the northeastern region. The verification of the correlation between the level of employment in this sector and criminalities indicators, particularly homicides and the homicide rate also constitutes one of the work purposes, in which it was possible to detect a strong linear relationship between the behavior of this market with indicators of violence. In particular, for the Northeastern states found an intense association between formal employment and homicides, and a smaller magnitude correlation, although still significant for most states, when it assessed the crime by the variable homicide rate. In addition, through the application of models (non-linear) regression for count data, it was possible to estimate the job-killing elasticities for the regions of the country, with particular attention to the Northeast. The criteria and tests used, it was the superiority of the Binomial model negative front of Poisson, and of the estimates (elasticities) it became clear that the private security market has a relationship with the murders, becoming stronger by restricting analysis for the municipalities of metropolitan areas and have state penitentiaries. The point elasticities estimated in these two situations showed higher values in other cases.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/23055
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:CAEN - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tese_avsantos.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.