Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22848
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCavalcanti, Luciano Pamplona de Góes-
dc.contributor.authorLima, Romênia Kelly Soares de-
dc.date.accessioned2017-05-24T14:43:52Z-
dc.date.available2017-05-24T14:43:52Z-
dc.date.issued2017-04-24-
dc.identifier.citationLIMA, R. K. S. ; CAVALCANTI, L. P. G. (2017)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22848-
dc.descriptionLIMA, R. K. S. Fatores associados à notificação de acidente de trabalho em unidades sentinela em saúde do trabalhador no município de Fortaleza, Nordeste do Brasil. 2017. 71 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.pt_BR
dc.description.abstractAmong all work-related injuries, Accidents at Work (AT) is considered the most serious. Ignorance of the TA situation, its determinants and its distribution throughout the country makes it impossible to properly analyze the potential factors that originate the TA. OBJECTIVE: To analyze the factors associated with the notification of Work Accidents (AT) in sentinel units in the city of Fortaleza, Northeast Brazil. METHOD: A cross-sectional, analytical study was carried out in five sentinel units for severe and fatal work-related accidents in the city of Fortaleza between February 2013 and June 2014. A total of 354 questionnaires were applied to the professionals responsible for TA reports. The prevalence ratio was used, with a 95% confidence interval and the Pearson chi-square test and / or Fischer's exact test. RESULTS: Of the 354 questionnaires applied, 147 were inadequately completed, being excluded, remaining 207 questionnaires that were analyzed. More than half of the interviewees were female (78.0%), nurses (48.0%) and were in the age range from 31 to 50 years. More than half of those interviewed said they had not participated in any type of training in the area of ​​TA. They present an inefficient knowledge of the laws, policies and ordinances that foment the TA. The time of action in the area, to have participated in at least three courses, to have knowledge about the ordinances and legislation related to the TA, about the SINAN form, to know that TAs are compulsory notification events and to discuss this topic with the work team have been Strongly associated with the chance of reporting (p <0.001). On the other hand, aspects such as gender, age or training time did not show a significant association (p> 0.05). CONCLUSION: Training actions contribute to the sensitization of professionals and improve the quality of TA notifications. It is necessary to strengthen the role of Reference Centers in Occupational Health as an inductor of knowledge, permanent updating and technical support to health services.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAcidentes de Trabalhopt_BR
dc.subjectNotificação de Acidentes de Trabalhopt_BR
dc.subjectVigilância em Saúde do Trabalhadorpt_BR
dc.subjectSistemas de Informação em Saúdept_BR
dc.subjectSaúde do Trabalhadorpt_BR
dc.titleFatores associados à notificação de acidente de trabalho em unidades sentinela em saúde do trabalhador no município de Fortaleza, Nordeste do Brasilpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrEntre todos os agravos relacionados ao trabalho, o Acidentes de Trabalho (AT) é considerado o mais grave. O desconhecimento da situação do AT, de seus determinantes e sua distribuição pelo território do país impossibilita uma análise apropriada dos fatores potenciais que originam o AT. OBJETIVO: Analisar os fatores associados à notificação de Acidentes de Trabalho (AT) em unidades sentinelas do município de Fortaleza, Nordeste do Brasil. MÉTODO: Estudo transversal, analítico, realizado em cinco unidades sentinela para acidentes de trabalho graves e fatais no município de Fortaleza entre Fevereiro de 2013 à Junho de 2014. Foram aplicados 354 questionários aos profissionais responsáveis pelas notificações dos AT. Utilizou-se a razão de prevalência, com intervalo de confiança de 95% e os testes de qui-quadrado de Pearson e/ou exato de Fischer. RESULTADOS: Dos 354 questionários aplicados 147 apresentavam preenchimento inadequado, sendo excluídos, restando 207 questionários que foram analisados. Mais da metade dos entrevistados são do sexo feminino (78,0%), enfermeiros(as) (48,0%) e encontravam-se na faixa etária de 31 à 50 anos. Mais da metade dos entrevistados afirma não ter participado de nenhum tipo de treinamento na área de AT. Apresentam um conhecimento ineficiente das leis, políticas e portarias que fomentam o AT. O tempo de atuação na área, ter participado pelo menos três cursos, ter conhecimento sobre as portarias e legislação relacionadas aos AT, sobre a ficha do SINAN, saber que os AT são eventos de notificação compulsória e discutir esse tema com a equipe de trabalho estiveram fortemente associados à chance de notificação (p<0,001). Por outro lado, aspectos como sexo, idade ou tempo de formado não mostraram associação significante (p>0,05). CONCLUSÃO: Ações de capacitação contribuem para a sensibilização dos profissionais e melhoram a qualidade das notificações dos AT. É preciso reforçar o papel dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador como indutor de conhecimentos, atualização permanente e suporte técnico aos serviços de saúde.pt_BR
dc.title.enFactors associated with notification of accidents at work in sentinel units in worker´s health in the city of Fortaleza, in the northeast of Brazilpt_BR
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_rkslima.pdf2,26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.