Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21609
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCatânio, Percy Antonio Galimbertti-
dc.contributor.authorAlmeida, Katarina Themotheo de-
dc.date.accessioned2017-01-19T12:41:31Z-
dc.date.available2017-01-19T12:41:31Z-
dc.date.issued2016-06-07-
dc.identifier.citationALMEIDA, K. T. (2016)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21609-
dc.descriptionALMEIDA, K. T. Análise do consumo de psicofármacos na atenção primária à saúde no município de sobral,ceará. 2016. 191 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Campus da Medicina, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2016.pt_BR
dc.description.abstractPsychotropics were instituted them as the main therapeutic resource used to treat any discomfort, for this reason, the research sought to understand the reasons and motivations for their use. It is a qualitative and q uantitative approach to descriptive, exploratory and document type. It occurred in the Health Center of Sumaré neighborhood family. We analyzed 183 medical records of psychotropic drug users and we profile the clientele in CSF using controlled medications. Soon after, we conducted semi-structured interviews with 09 users and 04 family members. We also note, among the 10 CSF health professionals, 04 members of staff and NASF 05 Residence in Health of the Family, their understanding of the practice of prescription, acquisition and use of medication. As a result, we had the profile of CSF Sumaré psychotropics clientele consists mainly of women between 40 and 59 years, with low education, 'unmarried' and outside the labor market. The main reasons that led to the use of the drug were depression, anxiety and insomnia. The amitriptyline and fluoxetine were the main psychoactive drugs used. Patients are prescribed mainly non-medical specialists are using less than a year, and some patients know what they consume, oth ers not. The vast majority believes that there was an improvement after the use of medication due to its benefits such as improved sleep, feeding, behavior and control of the crisis. Both users and health professionals consider important to use the medication, but also elect therapeutic groups, as another important tool for treatment. They believe that there are many people making use of psychotropic drugs in the environment in which they live. Professionals interviewed consider that, before people with dep ression, anxiety and psychotic symptoms, the best approach is to refer the patient to the doctor or psychologist, or if necessary, to the CAPS or hospitals. The main challenges of the Family Health Strategy is the establishment of an appropriate mental health care, in addition to renewals revenue and referrals to psychiatrists or psychologists. For this, teams need to be trained and managers should invest more resources to the development of assistance programs for people with mental disorders and psychiatric drugs users.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSaúde da Famíliapt_BR
dc.subjectPsicotrópicospt_BR
dc.subjectSaúde Mentalpt_BR
dc.titleAnálise do consumo de psicofármacos na atenção primária à saúde no município de Sobral, Cearápt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.contributor.co-advisorLira, Roberta Cavalcante Muniz-
dc.contributor.co-advisorFonteles Filho, José Mendes-
dc.description.abstract-ptbrOs psicofármacos instituíram -se como o principal recurso terapêutico utilizado para tratar qualquer mal-estar, por este motivo, a pesquisa buscou compreender os motivos e motivações para a sua utilização. Trata-se de uma abordagem qualitativa e quantitativa do tipo descritiva, exploratória e do cumental. Ocorreu no Centro de Saúde da Família do bairro Sumaré. Analisamos 183 prontuários médicos dos usuários de psicofármacos e traçamos o perfil da clientela atendida no CSF que usa medicação controlada. Logo em seguida, realizamos entrevistas semiestruturadas com 09 usuários e 04 familiares. Verificamos também, entre os 10 profissionais de saúde do CSF, 04 integrantes da equipe do NASF e 05 da Residência em saúde da Família, a compreensão deles em relação à prática de prescrição, aquisição e uso da medicação. Como resultado, tivemos que o perfil da clientela de psicofármacos do CSF Sumaré é formado basicamente por mulheres, entre 40 e 59 anos, de baixa escolaridade, „sem companheiro‟ e fora do mercado de trabalho. Os principais motivos que desencadearam o uso da medicação foram depressão, ansiedade e insônia. A amitriptilina e a fluoxetina foram os principais psicofármacos utilizados. Os pacientes recebem a prescrição principalmente dos médicos não especialistas, estão usando há menos de um ano, e alguns pacientes conhecem o que consomem, outros não. A grande maioria considera que houve melhora após o uso da medicação, devido aos seus benefícios como: melhora do sono, da alimentação, do comportamento e controle da crise. Tanto os usuários quanto os profissionais de saúde consideram importante o uso da medicação, mas também elegem os grupos terapêuticos, como outra ferramenta importante para o tratamento. Acreditam que há muitas pessoas fazendo uso de psicofármacos no meio em que vivem. Os profissionais entrevistados consideram que, diante de pessoas com sintomas depressivos, ansios os e psicóticos, a melhor conduta é encaminhar o paciente para o médico ou psicólogo, ou se preciso, para o CAPS ou hospitais. Os principais desafios da Estratégia Saúde da Família são a realização de um atendimento adequado em saúde mental, além das renovações de receitas e encaminhamentos a psiquiatras ou psicólogos. Para isso, as equipes precisam ser capacitadas e os gestores deveriam investir mais recursos para a elaboração de programas de assistência aos portadores de transtornos mentais e usuários de psicofármacos.pt_BR
dc.title.enAnalysis of psychotropic drug use in primary health care in the municipality of Sobral, Cearápt_BR
Appears in Collections:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_ktalmeida.pdf3,07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.