Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2061
Title in Portuguese: A cultura do idoso e sua influência no risco perante o HIV/Aids
Title: Elderly culture and its influence to HIV/Aids risk
Author: Feitoza, Aline Rodrigues
Advisor(s): Barroso , Maria Grasiela Teixeira
Keywords: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Sexualidade
HIV
Issue Date: 2008
Citation: FEITOZA, A. R. A cultura do idoso e sua influência no risco perante o HIV/Aids. 2008. 108 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: O aumento do número de casos de Aids em idosos tem sido alvo de investigações. Culturalmente não se costuma associar a Aids a população idosa, pois infelizmente para muitos estes são vistos como assexuados. Esse estudo tem como objetivo geral investigar como a cultura da pessoa idosa influencia na construção do significado de risco perante a epidemia do HIV/Aids. Tendo como referencial teórico metodológico a etnografia, proposta por Madeleine Leininger através da etnoenfermagem. Utilizamos como guia norteador de coleta e análise de dados o modelo da observação-participação-reflexão, conhecido como modelo O-P-R. Os dados foram colhidos no Grupo Vida que funciona dentro do Centro de Desenvolvimento Familiar (CEDEFAM) e está vinculado a Secretaria Executiva Regional III (SER III) e a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC). Tivemos como população geral 48 idosos, onde pudemos traçar o perfil sócio-cultural dos mesmos através de busca em prontuário familiar, dentre os quais 11 foram denominados informantes chaves e participaram das três oficinas temáticas realizadas nos meses de outubro e novembro de 2007. Como resultado das oficinas temáticas e do perfil traçado os dados foram divididos em 4 seções: 1) Quem são os idosos do Grupo Vida?; 2) O que os idosos do Grupo Vida sabem sobre o HIV/Aids; 3) A cultura do idoso e a construção do significado de sexo/sexualidade; 4) Percepção de risco perante o HIV/Aids. Os dados nos revelaram que as questões culturais em relação ao sexo, sexualidade, religião e relacionamentos afetivos e sexuais foram moldados no tipo de criação que tiveram o que pode vir a ser um fator dificultante nos trabalhos de educação e prevenção das DST/Aids, pois ainda estão envoltos em mitos e pudores. O conhecimento dos mesmos com relação ao HIV/Aids ainda está muito restrito ao uso do preservativo, o que não implica afirmar que os mesmos o aceitem ou usem em suas relações sexuais. Os idosos do Grupo Vida não se percebem dentro do risco de se infectarem pelo HIV/Aids e isso se deve ao significado que os mesmos atribuem a risco, que pode ser percebido com algo que pode acontecer com o outro, e está muito atrelado ao tipo de relacionamento sexual que os mesmos possuem. Como podemos perceber no decorrer do estudo a cultura influencia na construção do significado de risco perante o HIV, para os idosos pesquisados as influências do contexto sócio-cultural fazem com que os mesmos não se percebam como uma população vulnerável à epidemia, e como tal está mais exposta a Aids, visto que ainda há uma defasagem muito grande com relação a conhecimentos básicos de transmissão e prevenção do HIV/Aids.
Abstract: The increase in the number of cases of AIDS in the elderly has been the target of investigations. Culturally we does not usually associate with AIDS in the elderly population, because unfortunately for many these are seen as people without sex. Having as general objective to investigate how the culture of the elderly person have influences in the construction of the meaning of risk to the epidemic of HIV / AIDS. We used the theoretical and methodological reference the ethnography, proposed by Madeleine Leininger through etnonursing. We used as a guide for guiding data collection and analysis of the model of observation-participation-reflection, known as O-P-R model. Data were collected in Group Life which operates within the Center for Family Development (CEDEFAM) and is bound by the Executive Secretariat Regional III (SER III) and Pro-Rectory of extension of the Federal University of Ceara (UFC). We had as general population 48 elderly and the, where we draw their social and cultural profile through search in family records, of which 11 were called key informants and participated in the three thematic workshops held in October and November 2007. As a result of thematic workshops and profile drawned, data were divided into 4 sections: 1) Who are the elderly of the Group Life?; 2) What of the elderly Group Life know about HIV / AIDS; 3)The culture of the elderly and the construction of the meaning of gender / sexuality; 4) Self risk to the HIV / Aids. The data revealed that in the cultural questions regarding to sex, sexuality, religion and emotional relationships were cast in the kind of creation that they had what may become a factor difficult to the works of education and prevention of STD / AIDS, because still wrapped in myths and chastity. Their knowledge about the HIV / AIDS is still very restricted to the use of condoms, which does not say that they accept it or use it in their sexual relations. The elderly of the Group Life does not perceive themselves within the risk of infection for HIV / AIDS and this is due to the importance that they attach to risk, which can be detected as something that can happen to other, and it is very tied to the type of sexual relationships that they have. As we can see in the course of the study the culture influences in the construction of the meaning of risk to HIV, for the elderly searched the influences of the socio-cultural context make them do not perceive as a population vulnerable to the epidemic, and as such is more exposed to AIDS, since there is still a gap too large with respect to basic knowledge of transmission and prevention of HIV / AIDS.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2061
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_tese_arfeitoza.pdf7,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.