Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19592
Title in Portuguese: Dispositivo da sexualidade e saúde para transgêneros nas trilhas de Fortaleza
Title: Device sexuality and health for transgender trails in Fortaleza
Author: Sampaio, Juliana Vieira
Germano, Idilva Maria Pires
Keywords: Heteronormatividade
Transgênero
Saúde
Heteronormativity
Transgendered
Health
Issue Date: 2013
Publisher: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10: desafios atuais do feminismo
Citation: SAMPAIO, Juliana Vieira; GERMANO, Idilva Maria Pires. Dispositivo de sexualidade e saúde para transgêneros nas trilhas de Fortaleza. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO: DESAFIOS ATUAIS DO FEMINISMO,10., 2013, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Editora UFSC, 2013, p. 1-12.
Abstract in Portuguese: O objetivo dessa pesquisa é analisar os efeitos do dispositivo da sexualidade na rede de saúde voltada para pessoas transgêneros na cidade de Fortaleza. Para isso foram realizadas visitas a diferentes espaços voltados para o atendimento em saúde dessas pessoas, além de conversas com transgêneros e profissionais da saúde. Tendo em vista que vivemos em uma sociedade heteronormativa e que se organiza a partir do binarismo de sexo e gênero, compreendo que os corpos que resistem à divisão padrão mulher-vagina-feminino ou homem-pênis-masculino são destinados a zonas de invisibilidade e abjeção. No âmbito do sistema de saúde, normas baseadas em tal binarismo passam a produzir corpos de sexualidade perigosa e por isso devem ser controlados e vigiados. Observamos que as pessoas transgêneros na cidade de Fortaleza são público alvo dos atendimentos de saúde, sobretudo no caso de prevenção, diagnóstico e tratamento de DST/AIDS. A ambiguidade dos corpos transgêneros provocam fissuras na norma sexual, ao apresentarem marcas que estão associadas de modo excludente apenas ao sexo masculino ou ao feminino. Dessa forma, essas pessoas tornam-se alvo constante de tecnologias de governamentalidade a fim de normalizálas, enquanto, ao mesmo tempo, são consideradas ilegítimas, não-sujeito.
Abstract: The main purpose of this research is to analyze the effects of the sexuality device on the health care network attending transgender people in the city of Fortaleza. We visited different spaces that provide healthcare for these people, NGOs, and talked with transgender people and health professionals. Considering that we live in a heteronormativity society organized by the binary of sex and gender, we understand that bodies that resist the standard divide woman-vaginafemale or man-penis-male are destined to areas of invisibility and abjection. In health care system norms based on such binarism produce bodies of dangerous sexuality which therefore must be controlled and supervised. We observed transgender people in Fortaleza are assisted in health care system mainly for prevention, diagnosis and treatment of STD / AIDS. The ambiguity of transgender bodies leads to breaches in the sexual norm, in that they display traces of both sexes, beards, breasts, penis, estrogen, testis, signs that are associated exclusively either to male or female. These people become a constant target for governmentality technologies aiming to normalize them whilst at the same time are considered illegitimate, non-subject.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19592
metadata.dc.type: Artigo de Evento
ISSN: 2179-510X
Appears in Collections:DPSI - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_eve_impgermano.pdf273,91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.