Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1930
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorCoelho, Arnaldo Campos dos Santos-
dc.contributor.authorMatthews, Henry Ramos-
dc.date.accessioned2012-02-02T16:44:14Z-
dc.date.available2012-02-02T16:44:14Z-
dc.date.issued1971-
dc.identifier.citationCOELHO, A. C. dos S.; MATTHEWS, H. R. (1971)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1930-
dc.descriptionCOELHO, Arnaldo Campos dos Santos; MATTHEWS, Henry Ramos. Superfamília Tonnacea do Brasil: III - Família Bursidae (Mollusca: Gastropoda). Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza, v. 11, n.2, p. 45-58, dez. 1971.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherArquivos de Ciências do Marpt_BR
dc.subjectGastropodept_BR
dc.titleSuperfamília Tonnacea do Brasil: III - Família Bursidae (Mollusca: Gastropoda)pt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.description.abstract-ptbrA superfamília Tonnacea se compõe, segundo Thiele (1931) e Wenz (1938-1944), do seis famílias: Cassidae, Cymatiidae, Bursidae, Tonnidae, Oocorythidae e Ficidae. Watson (1886) e Turner (1948) incluem o género Oocorys Fisher, 1883 - subfamília Oocorythinae - na família Tonnidae, por considerá-lo bastante próximo ao gênero Eudolium Dali, 1889, integrante desta família. No presente estudo adotamos o critério sugerido por Watson (1886) e Turner (1948), pois julgamos que a presença de opérculo, nos adultos de uma qualquer espécie, não é um caráter sistemático de importância suficiente para definir uma família. Fato idêntico ocorre na família Olividae, onde as espécies pertencentes ao gênero Olivella Swainson, 1831 sen.str. não apresentam opérculo, enquanto as dos seus outros subgêneros o possuem. Também, segundo Turner (1948), a presença de dentículos basais no dente raquidiano da rádula não parece ser de importância sistemática, em nível de família. O gênero Bursa Roding, 1798, tem sido bastante estudado, merecendo destaque os trabalhos de Dali (1904), Bayer (1932) e Dell & Dance (1963). Suas espécies foram ilustradas, principalmente, por Kiener (1842), Reeve (1843), Cernohorsky (1967a, 1967b).pt_BR
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1971_art_acscoelho.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.