Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17524
Title in Portuguese: Desenvolvimento e validação de metodologia cromatográfica para determinação de bisfenol A em simulantes de alimentos de ensaios de migração
Title: Development and validation of chromatographic method for the determination of bisphenol A in food simulants of migration tests.
Author: Linhares Junior, Gilberto Ferreira
Advisor(s): Silva, Elisabeth Mary Cunha da
Keywords: Analise toxicologica
Bisfenol A
Ensaios de migração
Cromatografia líquida de alta eficiência
Desenvolvimento de metodologia analítica
Validação de metodologia analítica.
Migration tests, high performance liquid chromatography, analytical method development, validation of analytical methodology.
Análise cromatográfica
Alimentos - Embalagens
Alimentos - Toxicologia - Análise
Bisphenol A
Issue Date: 2012
Citation: LINHARES JUNIOR, Gilberto Ferreira. Desenvolvimento e validação de metodologia cromatográfica para determinação de bisfenol A em simulantes de alimentos de ensaios de migração. 2012. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento e metodologia cromatográfica para a determinação de bisfenol A em quatro diferentes simulantes de alimentos utilizando cromatografia líquida de alta eficiência e detector de arranjo de diodo (PDA) para suporte em enasios de migração. Os simulantes utilizados foram A (água purificada), B (solução aquosade ácido acético a 3%), C (solução aquosa de etanol a 10%) e D (solução aquosa de etanol a 95%). A avaliação preliminar das condições de análise foi conduzida com a finalidade de estabelecer aquelas que conferem os melhores resultados, os quais foram o sistema de fase móvel acetonitrila-água na proporção volumétrica 70:30, temperatura de 40°C do forno da coluna e comprimento de onda em 201 nm. O tempo de retenção do bisfenol A encontrado foi de 3,25 minutos. Para os simulantes, o método de tratamento consistiu da evaporação de 1 ml de amostra amostra a 60°C com duração de 1 hora e 45 minutos (A e C), 2 horas (B) e 1 hora (D). Em sequência, o método foi avaliado com relação aos parâmetros de validação analítica, incluindo linearidade, limite de detecção e de quantificação, repetibilidade, precisão intermediária entre analistas diferentes e entre dias diferentes, recuperação,seletividade e robustez. O método desenvolvido para o simulante A apresentou coeficiente de determinação (r²) 0,9988 ou superior no intervalo testado (50 a 2000 ppb); limite de detecção e de quantificação , respectivamente, 14,7 ppb e 48,9 ppb; coeficiente de variação para repetibilidade de 2,07%, para a precisão inter-dias de 1,05% e para a precisão inter-analistas de 1,76%; recuperação de 97,9% (CV= 1,3%) (50 ppb), 99,2% (CV= 0,7%) (1000 ppb) e 103,6% (CV= 0,4%). Os resultados obtidos para o simulante B incluem coeficiente de determinação (r²) 0,9972 ou superior; limite de detecção e de quantificação, respectivamente, 7,8 ppb e 26,0 ppb; coeficientes de variação para repetibilidade de 3,74%, precisão inter-dias de 0,14% e precisão inter-analistas de 0,2%; recuperação de 94,8% (CV= 4,8%) (50 ppb), 99,8% (CV= 0,2%) (1000 ppb) e 92,3% (CV= 1,2%) (2000 ppb). Para o simulante C os resultados incluem coeficiente de determinação (r²) 0,9988 ou superior; limite de detecção e de quantificação, respectivamente, 4,8 ppb e 16,1 ppb; coeficiente de variação para repetibilidade de 2,84%, precisão inter-dias de 1,37%e precisão inter-analistas de 0,14%; recuperação de104,6% (CV= 2,5%) (50 ppb), 99,8% (CV= 1,3%) (1000 ppb) e 102,5% (CV= 2,9%) (2000 ppb). Os resultados para o simulante D foram r² 0,9984 ou superior; limite de detecção e de quantificação,respectivamente, 13,7 ppb e 45,6 ppb; coeficiente de variação para repetibilidade de 2,0%, precisão inter-dias de 1,9% e precisão inter-analistas de1,2%; recuperção de 92,6% (CV= 1,76%) (50 ppb), 99,9% (CV= 0,9%) (1000 ppb) e 104,8% (CV= 2,7%) (2000 ppb). Não foram observados interferentes importantes para o método testado, mostrando-se robusto.
Abstract: This study aimed to develop and chromatographic method for the determination of bisphenol A in four different food simulants using high performance liquid chromatography and diode array detector (PDA) to support in enasios migration. The simulating used were A (purified water), B (solution aquosade 3% acetic acid), C (aqueous 10% ethanol) and D (aqueous 95% ethanol). Preliminary assessment of the analytical conditions was conducted in order to establish those that confer the best results, which were the system of mobile phase acetonitrile-water in the ratio 70:30 by volume, 40 ° C oven and length of the column wavelength of 201 nm. The retention time of the bisphenol A was found to be 3.25 minutes. For simulating the method of treatment consists of evaporation of sample 1 ml of sample at 60 ° C with duration of 1 hour and 45 minutes (A and C), 2 hours (B) and 1 hour (D). In sequence, the method was evaluated with respect to the parameters of analytical validation, including linearity, limit of detection and quantification, repeatability, intermediate precision between different analysts and between different days, recovery, selectivity and robustness. The method for simulating the coefficient for determining (r ²) or greater than 0.9988 in the range tested (50 to 2000 ppb); detection limit and quantitation, respectively, 14.7 ppb and 48.9 ppb; coefficient variation in repeatability of 2.07% for the inter-day precision of 1.05% and the accuracy of inter-Analyst 1.76%, recovery of 97.9% (CV = 1.3%) (50 ppb ), 99.2% (CV = 0.7%) (1000 ppb) and 103.6% (CV = 0.4%). The results for the simulant B includes coefficient of determination (r ²) 0.9972 or higher; limit of detection and quantification, respectively, 7.8 ppb and 26.0 ppb; coefficients of variation for repeatability of 3.74%, inter day precision, accuracy and 0.14% cross-Analyst 0.2%, 94.8% recovery (CV = 4.8%) (50 ppb) and 99.8% (CV = 0.2% ) (1000 ppb) and 92.3% (CV = 1.2%) (2000 ppb). For the simulant C results include a coefficient of determination (r ²) 0.9988 or higher; limit of detection and quantification, respectively, 4.8 ppb and 16.1 ppb, coefficient of variation for repeatability of 2.84%, accuracy inter-day precision of 1.37% and inter-analysts of 0.14%; de104 recovery, 6% (CV = 2.5%) (50 ppb), 99.8% (CV = 1.3%) ( 1000 ppb) to 102.5% (CV = 2.9%) (2000 ppb). The results for simulating D was 0.9984 r ² or more, detection limit and quantitation, respectively, 13.7 ppb and 45.6 ppb; coefficient of variation of 2.0% to repeatability, accuracy of an inter-day 9% and accurate inter-de1 analysts, 2%; recuperção 92.6% (CV = 1.76%) (50 ppb) and 99.9% (CV = 0.9%) (1000 ppb) and 104 8% (CV = 2.7%) (2000 ppb). There were no significant interferences to the method tested and proved to be robust.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17524
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DTA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_gflinharesjunior.pdf1,65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.