Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17130
Title in Portuguese: Dinâmica espaço-temporal em um fragmento de savana decídua espinhosa, semi-árido do Brasil
Title: Spatiotemporal dynamics in a fragment of deciduous savanna thorny, semi-arid region of Brazil
Author: Menezes, Bruno Sousa de
Advisor(s): Araújo, Francisca Soares de
Co-advisor(s): Martins, Fernando Roberto
Keywords: Ecologia
Crescimento biométrico
Dinâmica de manchas
Estabilidade
Recrutamento
Mortalidade
Issue Date: 2010
Citation: MENEZES, B. S. (2010)
Abstract in Portuguese: Em ambientes savânicos, a variação na densidade de árvores, devido à maior disponibilidade de umidade no solo, resulta em uma paisagem espacialmente heterogênea e altamente dinâmica no tempo e no espaço. Assim, constituem locais ideais para testar o modelo de dinâmica de manchas em metacomunidades. Comunidades ecológicas podem ser vistas como sistemas dotados de mecanismos de autocontrole. Assumir as comunidades vegetais como sistemas implica em aceitar que elas obedecem a regras comuns que regem quaisquer tipos de sistema, seja ele biológico ou não. Dessa forma, as comunidades vegetais devem apresentar três premissas principais: (1) apresentar caracteres estruturais e funcionais, ou seja, é possível distinguir os elementos que a compõem, descrever seu arranjo no tempo e espaço e identificar as interações entre eles; (2) não ser uma coleção desorganizada de elementos, mas ao contrário, a maneira como as espécies co-habitam está estruturada de forma organizada no tempo e espaço e (3) ser uma construção decorrente da atuação de processos temporais que atuam mantendo certa estabilidade temporal. Baseado nessas premissas analisou-se a dinâmica espaço-temporal de parâmetros estruturais (densidade e biomassa) da comunidade e de populações presentes em um fragmento de caatinga visualmente conservado. As análises foram realizadas em uma parcela permanente de 1 hectare, instalada na Reserva Natural Serra das Almas, Ceará, em dois tempos distintos (2002 e 2008). Verificou-se que o número de espécies, a composição e a densidade total do sistema foram praticamente constantes no intervalo de tempo analisado. Com isso, o tamanho das populações pouco alterou e a estrutura da comunidade manteve-se estável. Diante disso, a comunidade apresentou padrões de co-ocorrência bem definidos, com tendência de estruturação por competição de espécies. Espacialmente, ocorreram diferenças entre locais (parcelas) vizinhos, onde a composição de cada um definiu quais apresentavam maior ou menor dinamicidade. O aumento considerável da biomassa total da parte aérea, potencialmente resultante de regeneração antrópica, demonstra que a comunidade analisada encontra-se em estado intermediário da fase de regeneração. Com base na heterogeneidade espacial registrada verifica-se que o que o modelo de dinâmica de manchas pode ser testado em pequena escala para avaliar a dinâmica da vegetação de caatinga e, conseqüentemente, inferir sobre a capacidade de suporte do sistema aos efeitos antropogênicos e distúrbios climáticos.
Abstract: In the savanna environments, the variation in the density of the trees, due to a greater availability of the humidity in the soil, results in a heterogeneous and highly dynamic landscape in time and space. So, they constitute ideal places for testing the patch dynamics model in metacommunities. Ecological communities can be seen as an endowed system of auto-control mechanism. Taking on the vegetable communities as systems, it implies in accepting that they obey the common rules which govern any types of system, either they are biological or not. This way, the vegetable communities must present three main premises: (1) presenting structural and functional characters, in other words, it is possible to distinguish the elements which are composed, describing its arrangement in time and space and identifying the alterations among them; (2) not being a disorganized collection of elements, but, on the other way round, the manner in which species cohabit is structured in the organized form in time and space and (3) being a building resulting from the acting of the temporary processes which maintain certain temporal stability. Based on these premises, it was analyzed the spatio-temporal dynamics of the structural parameters (density and biomass) of the community and present populations in a fragment of the conserved vegetation. The analyses were done on a permanent plot of 1 hectare, installed in the Serra das Almas Natural Reservation, Ceara, in two distinct times (2002 and 2008). It was verified that the number of species, the composition and the total density of the system were practically constant in the interval of analyzed time. Therefore, the size of the populations was little altered and the community’s structure maintained stable. In the face of this, the community presented welldefined standards of co-occurrence, with tendency of structure for species competition. Spatially, occurred differences among neighbor places (plots), where the composition of each one defined which of them presented greater or smaller dynamicity. The considerable increase of the total above-ground biomass, potentially resulting from the antropic regeneration, demonstrates that the community analyzed finds itself in an intermediary state of the regeneration phase. Based on the spatially registered heterogeneity, it is verified that the patch dynamics model can be tested in small scale for evaluating the vegetation dynamics and, consequently, inferring on the capacity of the system support to the anthropogenic effects and climatic disturbances.
Description: MENEZES, Bruno Sousa de. Dinâmica espaço-temporal em um fragmento de savana decídua espinhosa, semi-árido do Brasil. 2010. 66 f. Dissertação (Mestrado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17130
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DBIO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_dis_bsmenezes.pdf707,94 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.