Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16906
Title in Portuguese: Estudos fitogeográficos no gênero Guzmania Ruiz & Pav. (Bromeliaceae: Tillandsioideae)
Title: Phytogeographic studies from the genus Guzmania Ruiz & Pav. (Bromeliaceae: Tillandsioideae)
Author: Ramalho, Monna Myrnna Mangueira
Advisor(s): Costa, Itayguara Ribeiro da
Keywords: Fitogeografia
Biogeografia
Vegetação
Issue Date: 2015
Citation: RAMALHO, M. M. M. (2015)
Abstract in Portuguese: A distribuição geográfica de um táxon é determinada por sua capacidade de dispersão associada a um conjunto de fatores abióticos como temperatura, quantidade de luz e umidade, e bióticos, como as interações ecológicas i.e. competição e predação. Bromeliaceae é a segunda mais diversificada família de epífitas vasculares, contribuindo com a riqueza total de espécies nas florestas neotropicais, com a maior diversidade e endemismo em altitudes mais elevadas. Este trabalho tem como objetivo responder os seguintes questionamentos: i) Quais os padrões de distribuição das espécies de Guzmania Ruiz & Pav. e quais filtros ambientais são mantenedores desta distribuição? ii) Quais as áreas com maior riqueza e diversidade das espécies? iii) Partindo das premissas que a modelagem preditiva nos fornece, qual a área potencial de distribuição das espécies de Guzmania? Os dados de distribuição geográfica de Guzmania foram obtidos através do Centro de Referências de Informações Ambientais – CRIA, posteriormente foram produzidos os mapas de distribuição geográfica utilizando o software DIVA-GIS 7.5. A região Neotropical foi dividida em dez áreas fitogeográficas. As espécies foram classificadas em dois padrões de distribuição, ampla e restrita, sendo a distribuição ampla podendo ser contínua ou disjunta, e os padrões fitogeográficos descritos. Foram obtidos os dados das variáveis ambientais para verificar se há relação com os padrões de distribuição das espécies. Utilizamos o índice de Shannon (H’) para determinar os padrões de riqueza e diversidade e, para a análise de similaridade (UPGMA) foi construída uma matriz binária com dados de presença =1/ ausência=0 visando determinar os blocos florísticos de espécie que apresentassem padrão semelhante. Através dessa matriz foi conduzida uma análise de PAE (Parcimony Analysis of Endemicity), que classifica áreas ou localidades com táxons análogos. A modelagem de distribuição preditiva foi realizada apenas para as espécies ocorrentes nos remanescentes de floresta ombrófila do estado do Ceará (Serras úmidas). As espécies estudadas de Guzmania apresentaram um padrão de distribuição amplo na região Neotropical com disjunções no nordeste do Brasil, nos Domínios fitogeográficos do Caribe, Amazônico, Guianas, Andino-Patagônico e Chaco. A área de maior diversidade do gênero foi na região do Andes, seguida da Amazônia, América Central, Escudo das Guianas e Serras úmidas do Ceará. Análise de similaridade (UPGMA) baseada na distribuição das espécies resultou na formação de três blocos florísticos. A modelagem de distribuição potencial prevê uma drástica redução nas áreas de ocorrência das espécies, principalmente nas Serras Úmidas.
Abstract: The geographical distribution of taxa is determined by its capability of dispersion together with a range of abiotic (e.g. temperature, light amount and humidity) and biotic factors (e.g. ecological interactions like competition and predation). Bromeliaceae is the second great family of vascular epiphytes, contributing with the total richness of species in Neotropical forests and with the greater diversity and endemism in high altitudes. This work aims to answer the following questions: i) What are the distribution patterns of Guzmania Ruiz & Pav. species and which environmental filters maintain this distribution? ii) Which areas present greater richness and diversity of species? iii) Taking into account the premisses offered by the predictive modeling, which is the potential area of distribution of Guzmania species?Data of geographical distribution of Guzmania were obtained at Centro de Referências de Informações Ambientais - CRIA - and later the maps of geographical distribution were produced using DIVA-GIS 7.5 program. The Neotropical region was divided into 10 phytogeographic areas. The species were classified into two distribution patterns, large and restrict, where the former could be continuous or disjunct, and the phytogeographic patterns were described. Shannon index (H`) was used to determine the richness and diversity patterns and to similarity analysis (UPGMA) it was constructed a binary matrix with data concerning presence =1 and absence =0 aiming to determine the flower blocks of species presenting similar patterns. Based on this matrix it was conducted a PAE (Parcimony Analysis of Endemicity) analysis, which classifies areas or localities with analogous taxa. Modelling of predictive distribution was performed only to species occurring at ombrofila forest remnants in Ceará state (Humid Mountains). The studied Guzmania species presented a large distribution pattern at Neotropical region with disjunctions at Brazilian Northeast into the phytogeographic domains of Caribbean, Amazon, Guayana, Andes-Patagonia and Chaco. The greater diversity area of the gender was at Andes region, followed by Amazon, Central America, Guayana Shield and Humid Mountains of Ceará. Similarity analysis (UPGMA) based on species distribution revealed the formation of three flower blocks. The modeling of potential distribution predicts a drastically reduction in the areas where the species are found, specially at Humid Mountains.
Description: RAMALHO, Monna Myrnna Mangueira. Estudos fitogeográficos no gênero Guzmania Ruiz & Pav. (Bromeliaceae: Tillandsioideae). 2015. 59 f. Dissertação (mestrado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16906
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DBIO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_mmmramalho.pdf7,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.